Campinas retira exigência de vistoria do transporte escolar em 2020 para veículos que não vão operar neste ano

Publicado em: 21 de setembro de 2020

Veículos que vão operar neste ano devem realizar a vistoria. Foto: Divulgação.

Decisão foi publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira, 21

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Campinas, no interior paulista, retirou a exigência de vistoria do transporte escolar em 2020 para veículos que não vão operar neste ano.

A decisão foi publicada em Diário Oficial nesta segunda-feira, 21 de setembro de 2020, por meio da Secretaria Municipal de Transportes. Confira abaixo a resolução:

A medida considera a nova prorrogação da quarentena na cidade de Campinas, por conta da pandemia do novo coronavírus. Além disso, também leva em conta as limitações para o retorno das aulas presenciais.

Assim, apenas quem for operar o transporte escolar em 2020 deverá apresentar uma vistoria em dia. Quem não for prestar o serviço neste ano fica liberado da obrigação até dezembro.

O Governo do Estado de São Paulo autorizou a volta às aulas a partir de 7 de outubro. O governador decidiu iniciar a retomada pelos alunos matriculados no ensino médio, EJA e nos Centros de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA).

Relembre: Governo do Estado de São Paulo confirma volta às aulas em 07 de outubro

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta