Bilhete Único do Estudante da SPTrans já pode ser solicitado novamente podendo ser recebido em casa

Publicado em: 21 de setembro de 2020

Bilhete Único de São Paulo para estudantes

Assim, gratuidades e meia-tarifa, que estavam suspensas, serão concedidas novamente

ADAMO BAZANI

O Bilhete Único do Estudante do sistema de ônibus gerenciado pela SPTrans – São Paulo Transporte, na capital paulista, já pode ser solicitado novamente.

A informação é da própria SPTrans, nesta segunda-feira, 21 de setembro de 2020, em resposta aos questionamentos do Diário do Transporte.

As gratuidades e as meia-tarifas estavam suspensas desde 23 de março deste ano porque as aulas foram interrompidas em razão da pandemia de Covid-19.

Ao apresentar os resultados de mais uma fase do inquérito sorológico da capital em 17 de setembro de 2020, o prefeito Bruno Covas anunciou que seguindo protocolos de distanciamento e limitação de ocupação, faculdades e universidades poderão ter aulas novamente a partir de 07 de outubro.

Já as escolas de ensino básico e médio, sejam públicas estaduais e municipais, além das privadas, não terão aulas, mas poderão desenvolver atividades extracurriculares presenciais também a partir de 07 de outubro.

Mas atenção, as cotas com as gratuidades só vão ser liberadas para estudantes das instituições de ensino que informarem que vão retomar a frequência presencial.

BILHETE ÚNICO EM CASA:

A SPTrans também anunciou nesta segunda-feira, 21, que firmou uma parceria com a UNE  – União  Nacional dos Estudantes e a UMES -União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo  para o envio do Bilhete Único do Estudante para a casa do aluno.

A gerenciadora do sistema de transportes da cidade destacou que a cota só será liberada aos estudantes que tiverem autorização da Secretaria Municipal da Saúde para retomada das aulas presenciais.

A possibilidade de recebimento do bilhete em casa é para os estudantes do ensino superior que retornarem às aulas presenciais a partir de 7 de outubro.

Já os alunos dos outros níveis de ensino, como básico e médio, também têm direito ao serviço, mas a SPTrans orientou que as solicitações só sejam realizadas depois que a Secretaria Municipal de Saúde  autorizar a retomada das aulas presenciais.

Quem solicitar o Bilhete Único pela internet terá o cartão em casa em até cinco dias após realizar o pagamento equivalente ao valor de dez tarifas (R$ 44) mais o custo do envio e o cadastramento da foto e da imagem dos documentos solicitados também no site da SPTrans.

O endereço eletrônico é: http://sptrans.documentodoestudante.com.br

Por meio de nota, a SPTrans explica os principais passos para o pedido e recebimento do Bilhete Único. Quem já tiver o cartão e fizer o pedido, terá o bilhete antigo cancelado automaticamente, com o salto restante sendo transferido em 72 horas para o novo.

O pagamento pode ser feito com boleto bancário ou cartão de crédito.

A foto pode ser feita pelo celular como “selfie”, mas tem de ser foto padrão de documento. Assim, o estudante não pode mandar fotos com outras pessoas junto, de boné, óculos escuros de adorno ou de perfil.

Veja os detalhes:

Para usar o serviço, basta fazer a solicitação no site da SPTrans (http://sptrans.documentodoestudante.com.br) preencher o cadastro com os dados pessoais, realizar o pagamento equivalente ao valor de dez tarifas (R$ 44) mais o custo do envio.

O valor pode ser pago via boleto bancário ou cartão de crédito.

Depois é só enviar o documento de identidade (RG, passaporte, CNH ou RNE) e uma foto também pelo site da SPTrans (http://sptrans.documentodoestudante.com.br), cadastrar o endereço no qual quer receber o cartão e aguardar a liberação dos dados. É importante utilizar uma foto recente e manter os dados atualizados.

Atenção – Ao solicitar o Bilhete Único Estudante por este canal, o cartão que está em suas mãos será cancelado automaticamente. O saldo disponível, se houver, será transferido para o novo cartão em 72 horas. Isso é necessário porque o estudante não pode ter dois cartões ativos para o mesmo benefício. Após receber o cartão, o usuário tem de desbloqueá-lo antes de usar no mesmo site da SPTrans (https://sptrans.documentodoestudante.com.br).

Passo a passo – A solicitação da 1ª via do Bilhete Único Estudante também pode ser feita pelo site da SPTrans ou nos canais de atendimento on-line desde que a instituição de ensino tenha enviado os dados de matrícula do aluno.

O usuário deve acompanhar se a instituição encaminhou sua matrícula, consultando o site da SPTrans: http://www.sptrans.com.br/estudante.

Após a confirmação dos dados, o boleto é gerado no site da SPTrans e o pagamento pode ser feito na rede bancária ou lotéricas. O valor para revalidação é de sete tarifas básicas vigentes (R$ 30,80).

Não é necessário imprimir o boleto, basta o número do código de barras para fazer o pagamento. Outra opção é o pagamento do valor de revalidação diretamente pelos aplicativos: Ponto Certo, Qiwi, Cittamobi e Banco do Brasil (para correntistas).

Após a compensação bancária, que pode levar até três dias úteis, o cartão é revalidado. Para recarregá-lo, encoste nas máquinas de autoatendimento localizadas nos Postos e estações de Metrô.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Zilma disse:

    Ele são bem filas das pautas se a gente pagamos a taxa anual no começo do ano agora tem que pagar denovo

Deixe uma resposta