Rodoviária do Rio recebe selo internacional de certificação por protocolos padronizados globais de saúde e higiene

Publicado em: 12 de setembro de 2020

Selo conferido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo busca dar aos viajantes a certeza de que existem padrões aprimorados para que possam viajar com segurança

ALEXANDRE PELEGI

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC – World Travel & Tourism Council), com sede em Londres (UK), lançou recentemente um selo global de segurança e higiene cujo objetivo é dar confiança aos viajantes e acelerar a recuperação do setor no período pós pandemia do COVID-19.

A ideia da nova marca é reconhecer governos e empresas que adotaram os protocolos de saúde e higiene do WTTC, conhecidos como “Viagens Seguras” (Safe Travels, em inglês), e que têm apoio da Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (OMT).

O selo pretende dar aos visitantes a confiança que os destinos por eles escolhidos seguem os elevados padrões de higiene e sanitização da indústria de Viagens e Turismo.

Ele será aplicado em hotéis, restaurantes, companhias aéreas, aeroportos, rodoviárias, linhas de cruzeiros, operadores turísticos, lojas externas e fornecedores de transporte.

Em comunicado, a presidente e CEO da WTTC, Gloria Guevara, afirmou que o número de destinos globais que adotam os protocolos do setor privado está crescendo rapidamente, o que mostra “o sucesso e a importância do selo WTTC Safe Travels”, disse.

O selo é vital para restabelecer a confiança do consumidor mundial em viagens e turismo, para que os viajantes possam ter certeza de que existem padrões aprimorados de higiene para que possam viajar com segurança”, afirmou Gloria.

No caso brasileiro, a primeira boa notícia vai para a Rodoviária do Rio de Janeiro, segundo maior terminal rodoviário da América Latina em movimentação de passageiros.

O terminal rodoviário acaba de ganhar o selo “Safe Travels”, e torna-se assim o único do país com essa certificação.

A Rodoviária do Rio recebeu a certificação por cumprir integralmente os protocolos para a proteção de passageiros e colaboradores no combate à Covid-19.

O protocolo sanitário do terminal rodoviário do Rio de Janeiro contempla uma série de medidas, como a medição da temperatura corporal dos que acessarem as instalações; nova sinalização sobre o distanciamento mínimo permitido nas áreas comuns; mais de 50 pontos com álcool em gel, além de funcionários devidamente capacitados e fazendo uso das EPIs no atendimento ao público.


Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta