Setor de transportes na França receberá 11 bilhões de euros nos próximos dois anos

Publicado em: 7 de setembro de 2020

Do total, 4,7 bilhões vão para a operadora ferroviária SNCF. Foto: Divulgação.

Aporte financeiro faz parte de um pacote do Governo para reativar a economia

WILLIAN MOREIRA

O Governo da França apresentou um grande plano para reativar a economia do país nos próximos dois anos. O objetivo é reverter os danos causados pelo coronavírus. A informação foi divulgada pela Agence France-Presse.

A administração de Emmanuel Macron anunciou uma injeção de 100 bilhões de euros, cerca de 120 bilhões de dólares. Deste valor, 11 bilhões são para transporte.

O principal objetivo é dar um novo impulso econômico e gerar 160 mil empregos em 2021. Assim, em 2022 as atividades podem voltar aos níveis de antes da crise. Além disso, o investimento poderá impedir a demissão de mais 800 mil pessoas neste ano.

Dos 11 bilhões de euros para o setor de transportes, 4,7 bilhões vão para a operadora ferroviária SNCF, como financiamento para o transporte ferroviário de mercadorias, pequenas linhas e tráfego noturno.

A crise econômica francesa é resultado da pandemia do coronavírus. No país, foi registrada uma queda de 13,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre de 2020, com projeções de contração de 11% do PIB no ano.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta