Marcopolo vai apresentar ônibus de dois andares com pacote BioSafe contra a Covid-19 no Peru

Publicado em: 2 de setembro de 2020

Ônibus possui ultravioleta no ar-condicionado e sanitário

Entre as características, veículo possui configuração de três fileiras de poltronas para ampliar o distanciamento social e revestimento que pode neutralizar novo coronavírus

ADAMO BAZANI

A fabricante brasileira de ônibus Marcopolo anunciou na tarde desta quarta-feira, 02 de setembro de 2020, que vai apresentar no Peru ainda neste mês um ônibus rodoviário de luxo de dois andares ônibus modelo Paradiso 1800 New G7 DD (Double Decker) com um pacote para reduzir o risco de contágio pela Covid-19 nas viagens chamado comercialmente pela marca de BioSafe.

Segundo a encarroçadora, a representante Mercobus já está oferendo os itens do pacote aos operadores locais de ônibus.

Entre as características deste veículo de demonstração, está a configuração de três fileiras com uma poltrona cada e dois corredores em vez de duas fileiras e um corredor central com como ocorre na maioria dos modelos. O objetivo é oferecer maior distanciamento social.

Segundo a Marcopolo, as poltronas têm revestimento com aditivos antimicrobianos que podem ajudar a neutralizar o novo coronavírus.

Entre outros itens estão cortinas e acabamentos internos em material injetado antimicrobiano, sobrecapa para as poltronas também com tecido antimicrobiano, dispensers de álcool em gel e sanitário e sistema de ar-condicionado com luz ultravioleta UV-C.

A empresa oferece também um sistema de pulverização chamado FIP Onboard para “desinfecção do interior do ônibus com nanotecnologia em polímeros”.

O ônibus é de chassi Scania K 400 B 6X2 EURO 5, e tem 14 metros de comprimento total (três eixos) com capacidade para transportar 41 passageiros, sendo 29 no piso superior e 12 no inferior, em poltronas semileito Master, com tomada USB e monitores nos pisos superior e inferior.  O veículo conta ainda com suspensão pneumática, câmbio automatizado, camarote para motorista e auxiliares, sistema de monitoramento com três câmeras de monitoramento.

O envio deste ônibus para o Peru não é à toa.

Em nota, a Marcopolo diz que as exportações para o País têm crescido nos últimos anos, em especial em relação ao modelo de dois andares, uma exigência cada vez mais frequente pelo mercado naquele país. Somente em 2019, foram 220 ônibus vendidos, a maioria de piso duplo.

No mesmo comunicado, o gerente-geral da Mercobus, Cleiton Basso, disse que os operadores de ônibus peruanos têm mostrado interesse em saber mais dos itens de prevenção à Covid-19.

“Os operadores de transporte peruanos demonstraram muito interesse em conhecer as soluções Marcopolo BioSafe. Nos últimos anos, o país se transformou em um dos principais mercados da Marcopolo na América do Sul, atrás apenas do Chile e da Argentina. O lançamento da plataforma BioSafe e a demonstração aos clientes locais é uma ação inédita e que demonstra a estratégia da empresa em colaborar para a retomada da mobilidade e do setor de transporte em todo o continente” – disse.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta