Avaré (SP) prorroga pela quarta vez concessão do transporte com a Rápido Luxo Campinas

Publicado em: 29 de agosto de 2020

Rápido Luxo Campinas, antiga Osastur, assumiu o transporte de Avaré em 2009. Foto: Reginaldo Vieira

Contrato de concessão venceu em 2019, e já havia sido prorrogado em três oportunidades

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura da Estância Turística de Avaré, cidade do interior de São Paulo com 90 mil habitantes, prorrogou outra vez o contrato de concessão de transporte coletivo urbano com a empresa Rápido Luxo Campinas Ltda.

A vigência contratual, que expirou dia 17 de agosto de 2.020, segue agora até 14 de novembro de 2020.

O Extrato do Contrato foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado deste sábado, 29 de agosto de 2020.



A empresa Rápido Luxo Campinas é a atual concessionária responsável pelo serviço na cidade.

Ela assumiu o transporte coletivo de Avaré há alguns anos, à época como “Osastur”, após a antiga concessionária, VVPL – Viação Vale do Paranapanema, encerrar repentinamente suas atividades. A situação foi regularizada após licitação em 2009, com prazo de 10 anos.

A Rápido Campinas foi adquirida pelo Grupo Belarmino em 1978, e está sediada em Osasco.

A prefeitura realizou uma audiência pública para a concessão do transporte coletivo municipal no dia 27 de janeiro de 2020. O objetivo foi discutir melhorias no transporte coletivo urbano, antes de finalizar a elaboração do Termo de Referência para abertura de um novo procedimento licitatório. Relembre: Avaré convoca audiência pública para concessão do transporte coletivo

Na mesma edição do DOU deste sábado, a prefeitura prorrogou também o contrato com a Rápido Sumaré para o fornecimento de unidade de crédito eletrônico para os alunos da rede de ensino (Estadual e Municipal). A prorrogação segue até 20 de agosto de 2021, no valor global de R$ 1,47 milhão.

As duas empresas, Rápido Luxo Campinas e Rápido Sumaré, pertencem ao Grupo Belarmino.



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta