Demanda de passageiros nas concessões da CCR cai 43,1% entre janeiro e agosto

Publicado em: 10 de agosto de 2020

Linha 5-Lilás é uma das concessões de mobilidade

Queda de movimentação de rodovias só não foi maior por causa do transporte de cargas

ADAMO BAZANI

O total de passageiros transportados nas concessões de mobilidade do Grupo CCR caiu 43,1% entre 01º de janeiro de 06 de agosto de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019.

O dado faz parte do balanço divulgado a investidores pelo grupo na noite desta sexta-feira, 07 de agosto de 2020.

Na área de mobilidade, a CCR controla (de forma única ou associada) a ViaQuatro – Linha 4 do metrô de São Paulo, ViaMobilidade – Linha 5 Lilás de Metrô, Barcas S.A. do Rio – Transportes Marítimos, VLT Carioca e Metrô Bahia. O monotrilho da linha 15-Prata de São Paulo ainda não foi assumido pelo grupo por determinação judicial e o monotrilho da linha 17 ainda não está pronto, apesar das obras desde 2010/11. Já na Bahia, é a concessionária responsável pela construção e operação do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro Freitas.

O Grupo responde ainda pela CCR Barcas e pelo VLT, ambos no Rio de Janeiro.

No setor aeroportuário a CCR  pela BH Airport, possui 38,25% da concessão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte.

A queda de demanda no comparativo destes dois períodos é de 57,5%

No setor de rodovias, houve queda na movimentação também, mas por causa do transporte de cargas, em menores proporções.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta