Artesp dá mais 360 dias para a Pássaro Marron circular com ônibus com a pintura da Litorânea

Publicado em: 10 de julho de 2020

Ônibus com pintura da Litorânea saindo do Terminal Rodoviário do Tietê

Como mostrou Diário do Transporte, em outubro do ano passado, agência autorizou a incorporação da Litorânea pela Pássaro Marron

ADAMO BAZANI

A Artep, agência que regula os transportes entre cidades no Estado de São Paulo deu para a Pássaro Marron mais 360 dias para que a empresa inclua ônibus ainda com a pintura da Litorânea Transportes Coletivos S.A. em sua frota.

A autorização vale também para manter por este mesmo período os CRVs – Certificados de Registro do Veículo em nome da Litorânea.

Assim, na prática, os ônibus poderão circular com a pintura da Litorânea por aproximadamente mais um ano.

O despacho da Diretoria de Procedimentos e Logística da agência foi publicado nesta sexta-feira, 10 de julho de 2020.

Como mostrou o Diário do Transporte, em 17 de outubro de 2019, a Artesp deu aprovação prévia para a incorporação societária da empresa Litorânea Transportes Coletivos S.A. pela Empresa de Ônibus Pássaro Marron S.A.

Mesmo com publicação em Diário Oficial, na ocasião, o grupo não comentou sobre a movimentação. Somente dez dias depois, houve a resposta ao Diário do Transporte, segundo a qual, a incorporação seria uma “reorganização societária e não haveria redução de serviços”.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/10/26/passaro-marron-e-autorizada-a-incorporar-litoranea-grupo-nao-se-pronuncia-ha-uma-semana/

Em 29 de janeiro de 2020, o grupo divulgou que a Pássaro Marron assumira os serviços da Litorânea com o argumento de que o objetivo era “simplificar a atual estrutura organizacional”.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/01/29/passaro-marron-confirma-fim-da-litoranea-com-incorporacao-aprovada/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Anderson Souza disse:

    Artesão tem é que fiscaliza a quantidade de ônibus reduzido que quem vai para São Paulo ou vem para Pindamonhangaba faz uma via sacra ônibus lotado passagem vendida em duplicidade passageiro viajando em pé. Já reclamei no reclame aqui estou até hoje esperando a resposta da empresa aliás falaram que iriam liga vamos ver quando

  2. Sueli Aparecida Fernandes Rocha disse:

    Porque a Artesp não toma providências para que a linha Ubatuba Campinas volte a circular? E também tire essa catraca das linhas Ubatuba Caraguá e Ubatuba São José. Se a pessoa que fez esse projeto, tivesse pessoas idosas que dependem de ônibus , ele não permitiria esse tipo de serviço. Ou quem sabe ele mesmo não venha usufruir dessa parafernalha pra ver o que é bom! Ah! Carregando sacolas, crianças, etc!

  3. Edu disse:

    A viação cometa deveria entrar em todo vale do Paraíba pra acabar com esses preços abusivos da pássaro marrom, cometa ótimos preços, ônibus confortáveis.

  4. Sueli Aparecida Fernandes Rocha disse:

    Essa empresa tem o monopólio aqui! A a Reunidas passa em frente da minha casa e não pode parar, por causa da sobraria da LITORÂNEA

  5. Gilmar Rodrigues Públio disse:

    Sr Jornalista , por favor faça uma reportagem na Empresa Breda que serve Itanhaem e Peruíbe.
    Essa empresa não tem nenhum respeito aos idosos, se os mesmo querem passagem gratuita tem que fazer a reserva as quatro horas da manhã com agenda somente para depois de cinco dias, os ônibus sempre viajam com os bancos da frente vazios, será que a Artesp nunca viram isso!

  6. Cristiano Dias disse:

    Por que a artesp também nao tira essa catraca das linhas Ubatuba Caraguá e Ubatuba São José, e todo vale do paraiba Se a pessoa que fez esse projeto, tivesse pessoas idosas que dependem de ônibus , ele não permitiria esse tipo de serviço. Ou quem sabe ele mesmo não venha usufruir dessa parafernalha pra ver o que é bom! Ah! Carregando sacolas, crianças, etc!

  7. Sueli Aparecida Fernandes Rocha disse:

    Não entendi! Presta atenção!

Deixe uma resposta