Empresa Atual de Guarulhos deixa de operar e Vila Galvão e TransDutra operam linhas, diz EMTU

Publicado em: 1 de junho de 2020

Empresa alega dificuldades financeiras

Já é a segunda empresa metropolitana da região que sai do sistema neste ano

ADAMO BAZANI

A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos confirmou que as linhas da Viação Atual, da região de Guarulhos, já estão sendo operadas por outras empresas.

Assim, a companhia deixa de operar. É a segunda empresa que presta de serviços na região a parar de operar alegando dificuldades financeiras.

Como mostrou o Diário do Transporte, a empresa Real, de um grupo do Rio de Janeiro em recuperação judicial, desistiu das linhas em 01º de abril:

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/04/01/real-transportes-metropolitanos-de-guarulhos-deixa-de-operar-segundo-funcionarios/

Segundo a EMTU, em resposta ao Diário do Transporte, as empresas Vila Galvão e TransDutra estão operando os serviços no Consórcio Internorte:

Vila Galvão e TransDutra em conjunto

580 – Guarulhos (Cidade Soberana)/ São Paulo (Metro Armênia)

Vila Galvão:

095 – Guarulhos (Terminal Taboão) – São Paulo (Metrô Brás);

137 – Guarulhos (Jardim Fortaleza) – São Paulo (Metrô Armênia);

253 – Guarulhos (Jardim Paraíso) – São Paulo (Metrô Penha);

408 – Guarulhos (Cidade Soberana)/ São Paulo (Metrô Armênia)

591 – Guarulhos (Jardim Paraíso) – São Paulo (Metrô Penha)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. André Marianno disse:

    Essa empresa é do grupo Belarmino ?

  2. Ismael de Jesus Silva Mendes disse:

    Sim.

  3. Fábio de Sá Araújo disse:

    Sim

  4. William de Jesus disse:

    Importante lembrar que embora a empresa pertença a um grupo grande, possui um centro de custo próprio. Sendo assim, se as linhas que ela operava (que já eram poucas) não davam retorno o suficiente, aproveitaram essa época para uma readaptação. E novamente isso mostra que se as empresas não tiverem uma boa administração financeira, irão cair! Aqui em SP (municipal) tambem tem empresas pedindo socorro, mas em conjunto com a prefeitura estão se segurando

  5. Ronaldo Braulio dos Santos disse:

    A linha 580, Cidade Soberana/Armênia,dias de semana têm ônibus no horário de 20:00horas, já no final de semana está muito ruim o horário, fiquei esperando das,19:30 às 20:40,tive que ir pegar o ônibus no Lavras, e cheguei atrasado no serviço.

  6. Zadelly disse:

    A linha 095 vai continuar porém administrada por outra empresa? Seu itinerário e horários continuam os mesmos?

  7. Rafael Mateus dos Santos Senna disse:

    Só pra constar, ela vai continuar operando no fretamento. Ela só tá deixando de operar no metropolitano

  8. Davi Vyctor disse:

    A Empresa Vila Galvão já está prestando um serviço extremamente ruim com as linhas que já tinha, imagina com o aumento agora. Horários irregulares que não condizem com o que está no site, passageiros que esperam mais de uma hora no ponto, etc

  9. nw team nw disse:

    Sai uma empresa ruim e entra outra pior.

  10. Neide disse:

    Pq a reportagem só fala da empresa e não fala dos funcionários ?

    1. blogpontodeonibus disse:

      Pq o sindicato não se pronunciou

  11. Ana Bento da Silva disse:

    Entrou outra empresa no lugar da Atual fazendo as linhas 095 Brás 253 Paraiso entre outras linhas e colocam ônibus pior doque a Atual tranportes em vez de colocar ônibus novos já que mudou se empresa?sem falar nos motoristas da empresa Atual que foram mandado embora e tem famílias para sustentar xom esses desemprego que está atingindo todo Brasil ninguém tem culpa do corona pra mandar os motoristas embora 😢😢😢

  12. LARISSA ALMEIDA disse:

    A linha 580 que já era péssima em relação aos horários de partida e qualidade dos veículos, só piorou com essa transição, visto que grande parte da população ja retomou as atividades, o intervalo é grande entre um e outro, e eles não respeitam o horário estipulado.

Deixe uma resposta