Protestos na Avenida Paulista afetam estações do Metrô de São Paulo

Publicado em: 31 de maio de 2020

Estação Consolação foi danificada. Foto: Diário do Transporte.

Estações chegaram a ser depredadas

JESSICA MARQUES / WILLIAN MOREIRA

Um confronto entre manifestantes na Avenida Paulista afetou o funcionamento de estações do Metrô de São Paulo na tarde deste domingo, 31 de maio de 2020. As estações Consolação e Trianon-Masp, da Linha 2-Verde foram fechadas. O Metrô nega, entretanto, fechamento da estação Consolação, e informou que manteve um acesso aberto com controle de fluxo de entrada.

Os ônibus municipais também tiveram a circulação interrompida por conta do conflito durante os protestos.

O Diário do Transporte esteve no local e constatou que a estação Trianon-Masp voltou a operar por volta de 16h. Os acessos da Consolação foram abertos após 16h30. Neste caso, os vidros foram danificados por atos de vandalismo durante as manifestações.

A Avenida Paulista foi liberada aproximadamente 17h40. Após esse horário, veículos e ônibus voltaram a circular normalmente.

A Estação Paulista da Linha-4 Amarela de metrô, nas proximidades do protesto, ficou aberta e funcionando normalmente. O local foi uma opção para o embarque na Linha 2-Verde durante a interdição da estação Consolação.

O conflito teve início na manhã deste domingo, quando manifestantes de posicionamentos políticos diferentes foram à Paulista. Próximo ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), foi feito um ato em favor da democracia e contra o fascismo, com pessoas vestidas de preto ou camisas de time de futebol, como Palmeiras e Corinthians.

Após aproximadamente uma hora, um segundo ato começou a ser realizado em favor do presidente Jair Bolsonaro. Neste caso, as pessoas estavam com camisetas nas cores verde e amarela. Neste momento, começaram os confrontos.

A Polícia Militar está no local para conter os conflitos. Por conta dos atos, a Avenida Paulista está bloqueada para o trânsito de veículos entre a Rua da Consolação e o Masp. Contudo, as ruas transversais estão liberadas para carros.

DESVIOS

A SPTrans informou ao Diário do Transporte que 15 linhas de ônibus fizeram desvios em razão de interferência na Avenida Paulista.

Veja os desvios:

SENTIDO PARAÍSO/CONSOLAÇÃO:
Normal até a Av. Paulista, R. Carlos Sampaio, R. Cincinato Braga, R. São Carlos do Pinhal, Vd. Bernardino Tranchesi, R. São Carlos do Pinhal, R. Antônio Carlos, R. da Consolação, prosseguindo normal.

SENTIDO CONSOLAÇÃO/PARAÍSO:
Normal até a Av. Rebouças, Al. Santos, R. Cubatão, Rua Abílio Soares, Av. Bernardino de Campos, prosseguindo normal.

Linhas afetadas:
175P/10 Metrô Santana – Ana Rosa
478P/10 Sacomã – Vila Romana
508L/10 Term. Princesa Isabel – Aclimação
669A/10 Term. Santo Amaro – Term. Princesa Isabel
715M/10 Jd. Maria Luiza – Lgo. da Pólvora
805L/10 Term. Princesa Isabel – Aclimação
809V/10 Vl. Gomes – Metrô Trianon – Masp
857P/10 Term. Campo Limpo – Paraíso
857R/10 Term. Campo Limpo – Aclimação
874C/10 Pq. Continental – Metrô Trianon – Masp
874T/10 Ipiranga – Lapa
875A/10 Aeroporto – Perdizes
875H/10 Term. Lapa – Metrô Vl. Mariana
917H/10 Term. Pirituba – Metrô Vl. Mariana
975A/10 Vl. Brasilândia – Metrô Ana Rosa

Confira as imagens do local, registradas por volta às 16h:

WhatsApp Image 2020-05-31 at 15.55.30

WhatsApp Image 2020-05-31 at 16.19.46

WhatsApp Image 2020-05-31 at 16.08.56

WhatsApp Image 2020-05-31 at 16.02.26

WhatsApp Image 2020-05-31 at 16.24.28

Jessica Marques para o Diário do Transporte
Com informações de Willian Moreira

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Pior de tudo que saem de suas casas justamente pra depredar a avenida que nada tem a ver com isso, Sã filhos daquelas que não deram a devida educação, por conta da cultura da libertinagem….Será possivel que não entenderam que o país inteiro está doente ???…

Deixe uma resposta