Curitiba ganha miniterminal de transporte com atendimento a cinco linhas de ônibus

Publicado em: 29 de maio de 2020

Projeto recebeu investimento de R$ 2,89 milhões. Foto: Ricardo Marajó / SMCS.

Estação PUC-Linha Verde começou a operar nesta sexta-feira

JESSICA MARQUES

Os passageiros de Curitiba, no Paraná, ganharam um miniterminal de transporte com atendimento a cinco linhas de ônibus. Chamada de Estação PUC-Linha Verde, a estrutura começou a funcionar nesta sexta-feira, 29 de maio de 2020.

De acordo com a Prefeitura, o projeto, que começou em maio do ano passado e recebeu investimento de R$ 2,89 milhões, foi conduzido pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

A Estação PUC-Linha Verde vai atender às seguintes linhas de ônibus: 050 – Interbairros V; 470 – Guabirotuba; 471 – VL. São Paulo; 472 – Uberaba; e 475 – Canal Belém.

As cinco linhas que passam a ser atendidas pela nova estação transportam, em dia útil, 24.390 passageiros em período normal e passam pelos bairros Uberaba e Prado Velho.

“Após a conclusão das obras da Linha Verde Norte será implantado o Expresso Ligeirão, que possibilitará a integração com a região Norte e Sul da Cidade e terá parada na nova estação”, informou a Prefeitura, em nota.

Para acessar o miniterminal, segundo a administração municipal, é preciso respeitar as regras de conduta contra o avanço da covid-19. Além de espaçamento entre os passageiros, é obrigatório o uso de máscaras.

LINHA VERDE

O projeto da prefeitura prevê 14 estações ao longo de toda Linha Verde, fazendo a ligação das áreas norte e sul da capital. Cinco estações-tubo estão prontas, todas no trecho sul da via (Marechal, Fanny, Santa Bernadethe, Xaxim e Vila São Pedro).

Também segundo a Prefeitura, as estações do trecho norte são, além da PUC – Linha Verde, a Fagundes Varella, Avenida das Torres, UFPR, Jardim Botânico, Tarumã, Vila Olímpica, Solar e Atuba.

ATRASO

Ainda em nota, a Prefeitura informou que as estações no trecho norte foram afetadas pelo atraso nas obras e o consequente rompimento de contrato com a empresa que estava executando os projetos.

“No trecho entre as estações Solar e Atuba, as obras foram retomadas e têm a previsão de serem entregues em dezembro de 2021. Nos outros trechos, o remanescente da obra está sendo licitado novamente. A nova licitação vai abranger o trecho entre o viaduto da Victor Ferreira do Amaral e a Fagundes Varela.”

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Israel Quaresma disse:

    Que valor alto pra fazer isso aí

  2. Israel Quaresma disse:

    Um milhão já é caro

Deixe uma resposta