Cittati inicia campanha para distribuição de máscaras em garagens do transporte público da capital SP

Publicado em: 5 de maio de 2020

Primeiras unidades foram entregues aos motoristas de duas garagens da capital nesta terça, 05 de maio de 2020.

Motoristas e cobradores de duas garagens receberão, cada, 75 máscaras tipo face shield (máscara-escudo)

Os trabalhadores de serviços essenciais não podem parar no momento em que o mundo luta contra o avanço do novo coronavírus.

Dentre os que atuam na saúde, além de funcionários de outros serviços, como bombeiros, os trabalhadores de supermercados, farmácias, e inúmeros outros setores, há aqueles que, sem os quais, muitas dessas pessoas não conseguem se locomover na cidade.

São os trabalhadores do transporte coletivo por ônibus, que estão na linha de frente e em contato direto com a população. E com a missão de fazer a vida não parar até que tudo volte ao normal.

Pensando em ajudar nesse esforço coletivo, a Cittati decidiu fazer um piloto  para distribuição de máscaras modelo “Face Shield” (máscara-escudo) em duas garagens da capital, que atendem regiões com casos elevados de Covid 19.

Serão 75 máscaras para cada uma delas, com o intuito de auxiliar nesse momento crítico e dar mais proteção para os profissionais que estão na linha de frente em um serviço essencial para o funcionamento da cidade.

O piloto irá testar se o equipamento é eficaz, e se não terá nenhum tipo de interferência no trabalho dos motoristas e cobradores.

Os profissionais do nosso segmento são heróis invisíveis, ajudando quem não tem carro e precisa se locomover. Se pudermos ajudar um pouco e ainda divulgar esse trabalho, sairemos mais unidos e fortes dessa crise”, diz Kleber Kikunaga, CEO da Cittati.

Para dar continuidade à ação, iniciamos uma campanha de doação por meio de uma “vakinha on-line” onde todo o dinheiro arrecadado será direcionado para a compra de mais equipamentos, direcionando o material para as principais áreas de risco, não somente para São Paulo.

Para fazer sua doação, acesso o site clicando aqui.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta