Coronavírus: Paraná proíbe a entrada de ônibus vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, DF e Bahia

Governador vau pedir para a Infraero probição de vôos também

Medida, segundo governador Ratinho Júnior, passa a valer a partir desta quinta-feira, 19 de março de 2020

ADAMO BAZANI

O governador Paraná, Rainho Júnior, anunciou nesta quarta-feira, 18 de março de 2020, que a partir desta quinta-feira, 19, estará proibida a entrada de ônibus rodoviários vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia no estado.

A medida é, segundo o governador, para conter o avanço do coronavírus.

São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia estão entre os locais com o maior número de pessoas infectadas no Brasil.

“Nós estamos proibindo que a partir de amanhã (quinta-feira, 19 de março de 2020) ônibus de São Paulo, do Distrito Federal, do Rio de Janeiro e da Bahia venham para o Paraná. Como nestes estados o vírus está mais avançado, nós queremos evitar que pessoas que por algum motivo possam estar infectadas entrem no Paraná. Isso é uma proibição que estamos fazendo para os ônibus interestaduais”  – disse em entrevista coletiva.

Ratinho Júnior também disse que vai pedir à Infraero para nos “próximos dias” impedir pousos de aviões provenientes destes estados.

O governador também pede à União o fechamento de fronteiras com Argentina e Paraguai.

Veja a entrevista

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Dalmir disse:

    Só não sei como é que o governo do estado implementará de fato essa proibição, já que o governo do estado não tem autoridade sobre rodovias federais, portanto, não pode determinar fiscalização nessas rodovias. Por outro lado, os ônibus que vierem desses estados por rodovias federais e entrarem no Paraná, não haverá como impedir o desembarque dessas pessoas, não há como mantê-las dentro dos ônibus e muito menos não há como obrigar esses ônibus a retornarem às origens. Enfim, trata-se de uma medida inócua.

  2. Diego disse:

    O governador do PR, Rato jr. ama passar vergonha, aliás, está passando uma atrás da outra. Além dos ônibus estarem desembarcando normalmente na rodoferroviária de Curitiba, em outras cidades onde a rodoviária está fechada estão parando na rua, em postos, lanchonetes, ou seja, mais uma só pro cara se aparecer e virar motivo de gozação.

Deixe uma resposta