Depois de redução pela manhã, Paulo Serra diz que frota de ônibus Santo André foi normalizada e que gratuidades para estudantes serão suspensas na semana que vem

Inicialmente, de acordo com a assessoria do prefeito, o álcool em gel nos ônibus vai ser fornecido pelo município.

Prefeito ainda anunciou álcool em gel nos coletivos

ADAMO BAZANI/JESSICA MARQUES

Em transmissão ao vivo em redes sociais, o prefeito de Santo André, Paulo Serra, disse na noite desta segunda-feira, 16 de março de 2020, que na próxima semana, os ônibus municipais não vão disponibilizar gratuidades para estudantes.

É uma das medidas da cidade para combater o avanço do coronavírus. A cidade teve um caso confirmado da doença.

Segundo o prefeito, como não haverá aulas nos sistemas público e particular de ensino em Santo André, a suspensão das gratuidades é para evitar deslocamentos desnecessários.

REDUÇÃO DE FROTA FOI TEMPORÁRIA:

Paulo Serra admitiu que na parte da manhã desta segunda-feira, 16, houve redução de frota e de viagens de ônibus, mas disse que não se tratou de uma determinação da prefeitura.

Como já havia informado o Diário do Transporte, pela manhã, a gerenciadora de ônibus da cidade, SATrans, chegou  a informar aos passageiros que eram praticados horários de sábado.

Em seguida, por meio de nota, a prefeitura informou que a redução de frota ocorreu porque as empresas de ônibus não colocaram para trabalhar motoristas com 60 anos ou mais.

O prefeito disse na transmissão que a frota foi normalizada por volta das 11h.

Segundo a assessoria de imprensa do prefeito, os motoristas foram repostos.

OUÇA:

ÁLCOOL EM GEL NOS ÔNIBUS:

O prefeito disse ainda que até o fim desta semana, os ônibus da cidade terão álcool em gel para os passageiros. Foram comprados 1500 litros do produto.

Inicialmente, de acordo com a assessoria do prefeito, o álcool em gel nos ônibus vai ser fornecido pelo município.

CARTÕES DE IDOSOS:

Também foi suspensa a emissão de cartões de idosos na AESA, que é a associação das empresas de ônibus de Santo André.

A entidade vai entrar em contato com os usuários que já se inscreveram para novos agendamentos.

LIMPEZA:

Nas redes sociais, Paulo Serra prometeu ainda que será intensificada a limpeza dos ônibus urbanos.

Veja a nota completa da prefeitura:

A SATrans, autarquia que gerencia o transporte em Santo André, realizou nesta segunda-feira uma reunião com os integrantes das empresas prestadoras do serviço de transporte público para definir novas medidas de combate ao coronavírus nas linhas municipais de ônibus.

Os ônibus também vão receber um rigoroso trabalho de higienização a partir desta semana para minimizar possíveis impactos da pandemia de Covid-19.

Por conta da interrupção das aulas nas redes municipal e privada, a utilização do passe escolar ficará suspensa a partir do dia 23 de março, até que os órgãos estaduais, municipais e federais alterem as medidas vigentes a respeito da aglomeração de pessoas e contenção do vírus. A medida tem o objetivo de desestimular a utilização do transporte coletivo.

Além da suspensão da utilização do passe escolar, a frota de ônibus de Santo André começará a receber a instalação de dispenser de álcool gel a partir desta semana.

A Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André) vai iniciar, a partir desta quarta-feira (18), atendimento na sede da empresa apenas por meio de agendamento. Esta medida visa evitar a aglomeração de pessoas e proporcionar a segurança dos usuários do serviço.

A suspensão do atendimento espontâneo na Aesa vai atingir os serviços de renovação dos cartões de transporte para idosos, de pessoas com deficiência, aposentados e pensionistas. O agendamento prévio deverá ser realizado pelo telefone 4435-5408 ou pelo site http://www.aesanet.com.br, a partir do dia 18 de março.

 Em todos os ônibus da cidade serão disponibilizados cartazes informativos alertando sobre a correta higienização das mãos assim que entrar nos ônibus, além da recomendação para que idosos acima de 60 anos evitem o uso deste meio de transporte, essencialmente em horários de pico.

Adamo Bazani e Jessica Marques, jornalistas especializados em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta