Mascarello realiza testes de ônibus elétrico em parceria com a BYD

Prefeitura de Cascavel assinou termo de compromisso para estudar modalidade visando a próxima licitação do transporte público

ALEXANDRE PELEGI

Uma nova parceria em mobilidade elétrica surge no setor do transporte coletivo.

A Mascarello e a BYD desenvolveram um protótipo que será colocado em testes nas ruas de Cascavel, no Paraná, durante 5 dias. A seguir, o veículo seguirá para outras cidades.

Na manhã desta terça-feira, 10 de março de 2020, a prefeitura de Cascavel deu o pontapé inicial, com a assinatura de um termo de compromisso que visa estudos para implantar, na próxima licitação do transporte público, ônibus elétricos na cidade.

Na ocasião, o protótipo, desenvolvido pela montadora cascavelense Mascarello em parceria com a BYD foi apresentado à população.

WhatsApp Image 2020-03-11 at 15.40.05

Foto divulgada no site da Prefeitura de Cascavel.


Leonaldo Paranhos, prefeito da cidade, afirmou que pretende colocar na frota dos próximos veículos o sistema elétrico. “Então fizemos uma parceria sem nenhum custo para o Município, pois este já era um projeto da Mascarello, e inicia aqui em Cascavel. Vamos fazer um teste com os motoristas que usam os corredores para fazer as observações, como descobrir onde deverá ter ponto de reabastecimento. Este é o início de um trabalho que nós já decidimos que teremos na próxima licitação do transporte coletivo urbano de Cascavel”, disse o prefeito em comunicado divulgado no site da prefeitura.

Vladimir Vieira, designer responsável pelo protótipo, afirma que o ônibus tem carroceria com piso baixo e possui acessibilidade total para pessoas com algum tipo de deficiência. Desta forma, permite um ambiente mais alto, melhor circulação de ar, melhor eficiência do ar condicionado, layout mais confortável, corredor de circulação mais largo e conforto sonoro.

As baterias de íons de lítio permitem 200 km de autonomia e possuem tecnologia que permite a cada frenagem a transformação da energia em recarga.

O veículo possui sistema de GPS ligado a um sistema do operador da frota que permite acompanhar em tempo real a localização do veículo, a lotação do carro e o tempo de locomoção no trajeto percorrido.

O designer explicou ainda o custo benefício em relação ao uso de energia, que permite redução de cerca de 70% do custo por quilômetro rodado. “Comparando o uso da eletricidade com veículo a diesel, o elétrico tem um custo operacional mais barato”, afirma Vladimir Vieira.

masca_byd_06masca_byd_02masca_byd_01masca_byd_03masca_byd_05

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa tarde.

    Parabéns Mascarello, o buzão ficou lindão

    Tem estilo, ficou xiki.

    Pena que vocês pintaram de prata, isto nos remete a Sampa.

    Sugiro fazer um buzão numa cor pastel, vai ficar mais lindão ainda, com esta enorme inscrição “100% elétrico”.

    Enquanto isso Sampa ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

    E os Tubarões $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    E o contribuinte; cada dia com menos dinheiro no bolso.

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção é a Paixão”

  2. William Santos disse:

    Paulo Gil provavelmente veremos esse carro daqui alguns meses na TransWolff fazendo testes também. Apesar que o novo diretor é “Caioísta”..

  3. Ismael Junior disse:

    Ficou muito bonito. pena que esse modelo não irá vingar na capital paulista. E sabe-se lá por qual milagre veio Torino…

  4. Paulo Gil disse:

    Willian Santos, bom dia.

    Tomara que sim uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu.

    Abçs,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta