UITP lança guia com orientações de prevenção ao coronavírus no transporte público

Publicado em: 3 de março de 2020

Estudos mostram que pessoas que utilizam o transporte público durante uma epidemia de gripe tem seis vezes mais chance de contrair uma infecção respiratória aguda. Foto: Adamo Bazani.

Diretrizes são voltadas a operadores do setor

JESSICA MARQUES

A UITP (International Association of Public Transport – Associação Internacional do Transporte Público) lançou recentemente um guia com orientações de prevenção ao coronavírus no transporte público.

As diretrizes são voltadas a operadores do setor e estão sendo traduzidas para nove idiomas oficiais em que há atuação direta da associação. Entre eles, está a versão em português.

O Diário do Transporte obteve em primeira mão nesta terça-feira, 03 de março de 2020, o material com orientações aos operadores para evitar a disseminação do vírus.

“O transporte público é a espinha dorsal da economia local e nacional e um serviço essencial que deve ser mantido sempre que for razoável. Até agora, o surto de COVID-19 não foi declarado uma pandemia, mas como vemos casos confirmados em um número crescente de países, a situação em qualquer região pode mudar rapidamente”, diz trecho do documento.

“A preparação é, portanto, a medida mais útil nesta fase, na maioria dos lugares. O Secretariado da UITP compilou exemplos de formas de preparação, bem como referências a sites e documentos úteis para apoiar seus membros nesse processo”.

Confira o material, na íntegra:

Corona Virus_PORT-1Corona Virus_PORT-2Corona Virus_PORT-3Corona Virus_PORT-4Corona Virus_PORT-5

VÍRUS NO TRANSPORTE COLETIVO

Uma pesquisa publicada pelo BMC Infectious Diseases mostra que as pessoas que utilizam o transporte público durante uma epidemia de gripe tem seis vezes mais chance de contrair uma infecção respiratória aguda.

Por esse motivo, especialistas orientam que os passageiros lavem as mãos ou utilizem álcool gel após sair de um trem ou ônibus.

A atenção deve ser redobrada caso o passageiro tenha encostado nas áreas de maior concentração do vírus, conforme mostra a imagem do jornal britânico Telegraph:

downloadSÃO PAULO

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020, que as orientações sobre o coronavírus serão divulgadas pelo Metrô e pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) a partir de quarta-feira, 04 de março.

“Não é material impresso, são canais de vídeo para os usuários. Isso ocorre a partir do dia 04 de março”, afirmou o governador.

A afirmação foi feita durante o lançamento do guia informativo e um website chamado pelo governo de “central de combate a fake news” sobre o novo vírus.

O manual pode ser baixado gratuitamente por qualquer pessoa no hotsite www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus ou via QR Code e impresso.

Confira o material, na íntegra:informativo-corona-virus-v06_page-0001

CASOS

Até esta terça-feira, 03 de março de 2020, 488 casos suspeitos são monitorados pelo Ministério da Saúde. Os dados foram repassados pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

“O Brasil tem dois casos confirmados de coronavírus no país. Eles não têm relação entre eles, embora sejam residentes do município de São Paulo. Os casos são importados e, por isso, não há mudança da situação nacional, pois não existem evidências de circulação sustentada do vírus em território brasileiro”, informou o Ministério, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta