Sergipe reduz ICMS sobre preço do GNV

Nova alíquota entrou em vigor neste domingo

JESSICA MARQUES

O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, informou que a partir deste domingo, 1º de março de 2020, começa a valer a redução do ICMS ( Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o GNV (Gás Natural Veicular).

O imposto, que era de 18%, foi reduzido para 12%, e a expectativa do governo é de que os condutores percebam a redução de cerca de R$ 0,28 na tarifa já neste domingo.

A medida foi anunciada pelo governador em dezembro de 2019 e visa estimular o aumento do consumo de GNV em Sergipe, além de contribuir para redução de poluentes no ar.

“Nós reduzimos ICMS para o gás veicular, dentro daquilo que foi possível fazer. A ideia é, se eu baixo o ICMS do gás, ele ficará mais acessível e com isso, se aumenta o volume de veículos aptos a rodar a gás. Automaticamente, teremos um consumo maior e as empresas que vendem os esses kits, vão vender mais. Desta maneira, a gente vai ter como arrecadar sem causar prejuízos para o Estado”, disse o governador.

INCENTIVOS PARA ÔNIBUS E CAMINHÕES

Segundo o presidente da Sergas, Valmor Barbosa, várias medidas vêm sendo adotadas pela companhia, após a implementação de políticas de incentivo do Governo de Sergipe.

Em novembro de 2019, ficou estabelecida nova disciplina para o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o governo reduziu a alíquota de 1% para 0,2%, significando uma redução de cerca de 80% dessa tributação para ônibus, micro-ônibus, caminhões e cavalo mecânico que utilizam como combustível o Gás Natural Veicular (GNV) ou Gás Natural Liquefeito (GNL).

“No primeiro semestre de 2019, o governo do estado isentou do recolhimento da alíquota de 18% de ICMS, todas as indústrias instaladas em Sergipe e enquadradas no Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), reduzindo a tarifa ao consumidor em torno de 19,83%”, disse Barbosa.

“Já em 2020, o mês de fevereiro o GNV já começa com a redução do preço do gás de cerca de R$0,10, por força do novo contrato assinado com o supridor, informado anteriormente. Em março, mais uma vez o Governo do Estado promove condições para redução da tarifa do gás natural. Isso traduz em uma redução significativa de cerca de R$0,28 na tarifa, e temos certeza que isso impulsionará o aumento das vendas do GNV no Estado”, completou.

LANÇAMENTOS NO MERCADO DE ÔNIBUS

Não é somente o governo de Sergipe que está buscando o GNV como combustível alternativo ao transporte. A Scania, fabricante de chassis de ônibus, também está de olho no segmento.

A fabricante anunciou que no segundo semestre de 2020 os ônibus urbanos a GNV da marca começarão a ser comercializados.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/06/scania-preve-inicio-das-vendas-de-onibus-movido-a-gnv-para-segundo-semestre-de-2020/

A linha urbana vai oferecer três modelos: K 280 4×2 (de 12,5 a 13,20 metros e capacidade de 86 a 100 passageiros), K 280 6×2 (15 metros, terceiro eixo direcional e capacidade para até 130 passageiros) e o articulado K 320 6×2/2, de 18,6 metros e capacidade para 160 ocupantes.

Na nova linha não são necessárias alterações significativas nos projetos das carrocerias, segundo a Scania. As instalações dos cilindros de gás podem ser feitas entre as longarinas do chassi (abaixo do assoalho) ou sobre o teto.

Os motores já serão Euro 6, tecnologia menos poluente que será obrigatória no Brasil apenas a partir de 2023. A autonomia será de 300 quilômetros. Caso seja necessária uma autonomia maior, é possível avaliar a colocação de mais cilindros.

Além disso, a Scania também vai lançar um ônibus rodoviário a GNV. O chassi será o K320 4×2 e a perspectiva de comercialização também é para o segundo semestre do ano. Com o veículo, a estimativa de economia é de 20% em comparação ao diesel.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/17/scania-vai-lancar-onibus-rodoviario-a-gnv-ate-o-fim-do-ano-e-preve-economia-de-20-em-comparacao-ao-diesel/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta