Marcopolo desenvolve novo sanitário de ônibus e diz que sistema elimina odores e economiza até 53% de água

Publicado em: 26 de fevereiro de 2020

Novo sistema pode equipar diversos modelos da linha (Imagem meramente ilustrativa)

Foram usados conceitos da indústria de aviões, segundo encarroçadora

ADAMO BAZANI

A fabricante de carrocerias de ônibus Marcopolo informou na tarde desta quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020, que desenvolveu um novo sanitário para os veículos.

Chamado de Eco Flush pela empresa, o equipamento passa a ter um novo sistema de vedação, de eliminação de odores e de descarga que, segundo a Marcopolo, pode economizar em até 53% de água.

“O seu sistema otimizado de descarga utiliza apenas 400 ml por acionamento, contra até 850 ml da vazão do sanitário tradicional. Com isso, o consumo mensal é reduzido de cerca de 660 litros para pouco mais de 300 litros, garantindo para o operador maior autonomia no abastecimento de água em seus veículos, menos paradas para limpeza e descarte de detritos, gerando economia de combustível e ganhos em tempo de viagem.” – explica a empresa.

Ainda segundo a Marcopolo, a válvula de traqueia do equipamento realiza a vedação do sistema para gerar o vácuo para a descarga.

“O reservatório gerador de vácuo funciona como barreira para os gases não retornarem para o interior do sanitário. E a válvula de guilhotina – acionada automaticamente após três descargas – destina os resíduos para o tanque de detritos com maior frequência, garantindo o confinamento dos gases e dos resíduos sólidos e líquidos. No sistema tradicional, o tanque de detritos não retém totalmente os gases, que retornam para o interior do sanitário. No Eco Flush, o reservatório gerador de vácuo impede este retorno.”

Na mesma nota, o coordenador de Engenharia do Produto da Marcopolo, Jean Carlo Giacomel Casado, disse que o desenvolvimento do novo sanitário demandou cinco anos de estudos e que foram usados conceitos da indústria de aviões.

“Foram mais de 1,75 milhão de ciclos de testes para chegarmos ao produto final”, disse

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Claudio disse:

    Jean, quando comecei como projetista na MP, a descarga ainda era direta.
    O Monogram foi a grande e evolução em sanitário para ônibus. Introduzido pelo ex diretor da MP, Eng. José Antonio F.Martins.

  2. Valdeir disse:

    Parabéns marcopolo sou motorista de ônibus adoro essas máquina

  3. M P Araújo Fh disse:

    Marcopolo é sem dúvidas a melhor carroceria de ônibus do mundo!👏👏👏

  4. Diego Baccarin disse:

    Agora só esperar as outras copiarem como sempre. Marcopolo sempre um passo a frente.

  5. CELIO MUNIZ ANDRADE disse:

    Tenho um micro 2003 sénior 9150 é minha paixão este carro da mplo

  6. Paulo Gil disse:

    Amigos, bom dia.

    Parabéns Marcopolo, inovar é preciso!

    Mas não esqueçam de mudar o local das tomadas USB do G7 heim.

    Sr. Jean Carlo Giacomel Casado, eu tenho uma ideia de um buzão rodoviário 100% acessível, estou fazendo um protótipo (dá para usar no urbano tambem, mas creio que só parcial).

    Podemos conversar? vamos assinar um Acordo de Confidencialidade ?

    E tenho também uma letra de música “Motorista de Coração” a qual está a venda também, para que a Marcopolo utilize-a, com exclusividade no lançamento do G-8.

    A letra é bacana. E ai departamento de marketing da Marcopolo vamos conversar?

    Aproveito o tema Marcopolo, para sugerir ao DT, fazer uma matéria contando a história dos 3 ganhadores do prêmio Marcopolo Apaixonados por ônibus, o que está no Instagran, não dá par entender nada, só o marketing da Marcopolo com as visitas ás fábricas e a cidade Gramado.

    Marcopolo, pensa ai, estou a disposição para conversarmos.

    Nada que um Senior elétrico completinho e uns royalties não me paguem.

    Esto à disposição.

    Att,

    Paulo Gil
    “Buzão e Emoção é a Paixão”

  7. Fabrício Sanches Gonçalves disse:

    Putz! Logo agora que parece que a Gontijo tá pensando em abandonar a Marcopolo, ela vem e lança esse balde de água fria, sem nenhum trocadilho infame, na concorrência. Sabendo que a Gontijo é expert em economia.

  8. Eduardo Martins disse:

    Sou motorista rodoviário e me deparo no dia a dia com passageiros reclamando muito, mas muito mesmo dos ônibus atuais, vou passar a documentar isto em vídeos e documentos assinados pelos próprios usuários. Chego a tranportar por semana mais de 500 passageiros entre as 4 linhas onde opero como motorista, e anoto todas as reclamações na ficha de serviço dos carros. Campião de reclamações são as tomadas USB, depois vem wi-fi, mas isso é a cargo da transportadora, em 3° lugar geladeira, 4° lugar ar condicionado (temperatura e ruído) em 5° lugar ruídos internos, peças batendo no salão de passageiros, porta pacotes batendo e grades de circulação do ar condicionado, em 6° vem o sanitário, água quente quase fervendo que sai da torneira do lavatório, mau cheiro e acreditem, largura e altura do sanitário são reclamações constantes. Tem passageiros mais de 1.90 de altura e tamanho extra G que acham o ambiente muito pequeno.

Deixe uma resposta