Ônibus especial do Aeroporto de Congonhas inicia serviços neste domingo, 16

Publicado em: 16 de fevereiro de 2020

Serviço é operado pela MobiBrasil. Fotos: Adamo Bazani

Veículos possuem espaço para bagagens e não têm catracas. Baia para estacionamento precisa ser ampliada

ADAMO BAZANI

Começou a operar neste domingo, 16 de fevereiro de 2020, o serviço especial de ônibus no Aeroporto de Congonhas, na zona Sul da capital paulista.

A frota total da linha é de oito veículos com intervalos médios de oito minutos.

A linha 609J – Metrô São Judas / Aeroporto de Congonhas foi requalificada. A frota é composta por veículos de piso baixo com rampa removível para pessoas que têm dificuldade de locomoção, não possuem catracas e há espaços para bagagens.

Os diferenciais chamaram a atenção dos primeiros passageiros que tiveram contato com o serviço.

O Diário do Transporte acompanhou o primeiro dia de operação.

O passageiro Douglas Nogueira se atraiu pelo preço do serviço e se surpreendeu com a qualidade.

Achei a ideia legal, assim como a comodidade e a educação da moça que atendeu a gente. Eu já tinha vindo aqui em São Paulo outras vezes. Somos de Belém do Pará e achamos a ideia muito legal. É uma boa impressão para quem está chegando em São Paulo”, disse.

A passageira Ana Santiago, por sua vez, destacou a facilidade para encontrar o serviço no aeroporto.

A gente se informou e disseram que ia vir esse ônibus para o metrô. Esse serviço é bem prático”, avaliou.

A demanda estava baixa, mas para divulgar os serviços a empresa MobiBrasil realizou investimentos em propagandas dentro do aeroporto, com vídeos e totens de carregadores de celulares.

Também há carrinhos de bagagem que possuem a indicação da linha.

Todo o serviço tem o mesmo custo da tarifa comum da cidade, R$ 4,40.

O embarque e desembarque no ônibus são realizados na baia do piso inferior do aeroporto de Congonhas, na Plataforma E. O local é coberto e possui bancos para o passageiro esperar sentado.

Entretanto, o Diário do Transporte verificou que o espaço para manobra dos ônibus é pequeno, cabendo apenas um coletivo. O segundo tem que ficar esperando na extremidade da plataforma.

A SPTrans e a empresa de ônibus devem estudar maneiras de ampliar o espaço para os ônibus e, com isso, a área coberta para os passageiros.

A presidente da MobiBrasil, Niege Chaves, afirmou que a linha funciona das 5h da manhã às 23h, com intervalo de oito minutos. A passagem também poderá ser paga com cartão de crédito, por aproximação.

A gente tem uma parceria com o pessoal de publicidade, que faz a adesivação dos ônibus também, para fazer uma divulgação forte. A gente precisa fortalecer a imagem do transporte coletivo, que é muito importante. Nessa ação vamos reforçar a proximidade com o cliente.”

Niege ressaltou a disponibilidade de um agente de bordo que carrega mala e ajuda o passageiro a colocar os pertences dentro do ônibus, para facilitar o embarque e desembarque.

O Diário do Transporte noticiou em primeira mão a inauguração do serviço, operado pela MobiBrasil.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/13/entrevista-sao-paulo-tera-onibus-com-espaco-para-bagagens-e-agentes-de-bordo-em-linha-do-aeroporto-de-congonhas-diz-edson-caram/

Confira as imagens dos veículos e do primeiro dia de operação do serviço:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais: