Marabá realiza audiência pública para licitação do transporte municipal

Audiência Pública contou com presença de várias pessoas em Marabá. Foto: prefeitura de Marabá

Termo de Referência servirá agora para definição do edital de convocação

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Marabá, município brasileiro no sudeste do estado do Pará com mais de 270 mil habitantes, realizou nesta quinta-feira, 30 de janeiro de 2020, Audiência Pública para apresentação e discussão do estudo técnico que fundamentará o Termo de Referência para o edital para concessão do transporte público. Relembre: Marabá (PA): Audiência pública apresentará edital de licitação de nova empresa do transporte coletivo

Segundo havia adiantado antes do encontro o secretário de segurança institucional, Jair Guimarães, a nova empresa de transporte coletivo terá que atender a população com um mínimo de 77 veículos, sendo sete reservas e 70 em operação. Outra exigência é que 25% da frota sejam compostos por veículos novos e os demais com até cinco anos de uso.

“Estamos tendo a oportunidade de melhorar o serviço, devemos aproveitar o momento para opinar. Estamos preocupados em melhorar o serviço que não está a contento. Eu desejo que possamos debater e chegar a um denominador comum”, destacou o coordenador de transporte do DMTU, João Pereira.

Jair Guimarães lembra ainda que a Audiência Pública é uma exigência da Lei de licitações Nº 8.666.

Um dos destaques do estudo apresentado foi o Terminal Definitivo de Integração, por onde a frota de ônibus vai racionalizar o tempo, combustível, pneus, custo da operação. O objetivo é que entre uma linha e outra a pessoa não passe mais de 15 minutos esperando. “Esse é um modal diferente com 77 ônibus, sendo 25% da frota nova e com ar-condicionado”, destacou a prefeitura na apresentação, ressaltando que todas as etapas estão previstas para terminar em até três meses.

O Termo Técnico propõe que a rede de transporte coletivo de Marabá seja formada por 15 linhas, em modelo de ampla integração.

A empresa que opera atualmente o serviço explorava 30 linhas, contemplando os três núcleos, Velha Marabá, Cidade Nova e Nova Marabá, os bairros Morada Nova e São Félix I, II e III, vilas Murumuru, Sarandi, São José e o Loteamento Cidade Jardim.

A elaboração do Termo de Referência consumiu 22 dias de estudo de campo, realizado com base na circulação dos 30 ônibus que operam hoje no sistema.

Agora, o Termo de Referência, após colhidas as sugestões da Audiência Pública, segue para a Comissão de Licitação da Prefeitura, para que seja criado o edital de convocação.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta