Linha 9-Esmeralda será interrompida no domingo para obras do monotrilho 17-Ouro

Obras do monotrilho. Foto de arquivo/Adamo Bazani

Não haverá circulação de trens entre as estações Santo Amaro e Berrini. Marginal Pinheiros também será bloqueada

ADAMO BAZANI

Passageiros que utilizam a linha 9-Esmeralda da CPTM devem estar atentos porque no domingo não haverá circulação de trens entre as estações Santo Amaro e Berrini.

O motivo são obras para a colocação das estruturas que vão interligar as estações Morumbi do Monotilho da linha 17 com a da CPTM

Durante a interdição, ônibus do sistema Paese estarão à disposição para que os passageiros possam continuar a viagem nos dois sentidos, gratuitamente. A operação comercial na segunda-feira (20) começará normalmente às 4h.

Também haverá interdição na Marginal Pinheiros com o bloqueio de duas faixas da esquerda da pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castelo Branco, entre a Ponte Transamérica e a rua Engenheiro Mesquita Sampaio. As 20h toda a pista expressa será interditada neste trecho, sendo reaberta às 3h30 da segunda-feira (20).

Todas estas interdições interrupção vão ocorrer por quatro finais de semana seguidos.

Em nota, a Companhia do Metrô informa as alternativas e previsões dos bloqueios.

ALTERNATIVAS

 

Como alternativa, os passageiros poderão optar por seguir pelo sistema sobre trilhos, utilizando as linhas de metrô para voltar à Linha 9 ou seguir a viagem para outras regiões.

 

  • Sentido Osasco

Para quem vai no sentido Osasco, a opção é descer na Estação Santo Amaro e utilizar as linhas 5-Lilás (até Chácara Klabin), 2-Verde (até Consolação/Paulista) e 4-Amarela, retornando à Linha 9 em Pinheiros.

 

  • Sentido Grajaú

Para quem vai no sentido Grajaú, a opção é descer na Estação Pinheiros e utilizar as linhas 4-Amarela (até Paulista/Consolação), 2-Verde (até Chácara Klabin) e 5-Lilás, retornando à Linha 9 em Santo Amaro.

 

PAESE

Ônibus do sistema Paese estarão à disposição gratuitamente para que o passageiro possa continuar a viagem nos dois sentidos da Linha 9. Os coletivos vão percorrer o trecho interditado em tempo estimado de 15 minutos no sentido Berrini e 20 minutos na direção de Santo Amaro, dependendo das condições do trânsito.

 

  • Senha

Para a utilização dos ônibus do Paese, os passageiros que já estão nas estações Santo Amaro (seja da Linha 9 ou da Linha 5) ou Berrini, deverão retirar uma senha na área paga, próxima aos bloqueios. Essa senha deverá ser entregue para retornar ao sistema sem ter que pagar novamente a passagem;

Já os passageiros que estavam fora do sistema podem utilizar os ônibus do Paese gratuitamente, acessando as estações Santo Amaro ou Berrini com o pagamento da tarifa.

 

  • Santo Amaro – Embarque e Desembarque

O acesso aos ônibus será na avenida Padre José Maria, próximo à estação; no mesmo local será feito o desembarque.

 

  • Berrini – Embarque e Desembarque

O embarque será na avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), sob a passarela da estação. O desembarque será na avenida das Nações Unidas (marginal Pinheiros), esquina com a rua Joel Carlos Borges.

 

PRÓXIMAS INTERDIÇÕES – DATAS E HORÁRIOS

 

  • Fins de Semana de 25/01, 01 e 08/02:

Bloqueio da Marginal Pinheiros (expressa, sentido Castelo Branco, entre a Ponte Transamérica e a rua Engenheiro Mesquita Sampaio) das 20h dos sábados (25/01, 01 e 08/02) até as 3h30 das segundas-feiras (27/01, 03 e 10/02).

Interdição da Linha 9-Esmeralda, entre Santo Amaro e Berrini, durante toda a operação dos domingos (26/01, 02 e 09/10). A operação volta ao normal às 4h das segundas-feiras (27/01, 03 e 10/02);

Como mostrou o Diário do Transporte nesta semana, a empresa de Metrô informou que assinou na, 13 de janeiro de 2020, contrato para a retomada das obras civis da linha 17-Ouro de monotrilho, um sistema de trens leves com pneus que trafegam em elevados de concreto.

No final do ano passado, como mostrou o Diário do Transporte, o desembargador José Orestes de Souza Nery, por meio de uma liminar, impediu o reinício das obras ao atender a construtora Coesa Engenharia que havia entrado com um mandado de segurança na Justiça para tentar impedir a Constran, vencedora da licitação a assumir os trabalhos.

Relembre:

Metrô assina contrato para retomada de obras do monotrilho da linha 17

 Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta