Monotrilho volta a operar com mais de 1 hora e 45 minutos de atraso em relação à previsão inicial

Foto: Diário dos Trilhos

Sistema deveria retomar as operações às 14h. Neste domingo, linha paralisa de novo

ALEXANDRE PELEGI

O monotrilho da linha 15-Prata foi além do prazo de paralisação neste sábado, 11 de janeiro de 2020.

O horário da manutenção programada para testes no CBTC (Communications-Based Train Control – Controle de Trens Baseado em Comunicação), inicialmente informado pelo Metrô de SP, deveria ser das 4h40 às 14h, mas foi prolongado para 15h00 e, na sequência, estendido para 15h:30, de acordo com a última atualização.

No final, a operação só retornou às 15h:46, cerca de 1 hora e 46 minutos após o informado inicialmente.

Os passageiros contaram com ônibus da Operação PAESE – Plano de Apoio entre Empresas em Situação de Emergência.

Veja trecho da notícia do Metrô de SP, até agora disponível na página da Companhia na internet:

metro_prazo

Neste domingo, ainda segundo informação do Metrô de SP, a Linha 15-Prata voltará a ficar paralisada das 04h:40 às 14h.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Fabio Almeida disse:

    Dá tempo de derrubar esse monotrilho e construir o fura fila?

Deixe uma resposta