Prefeito de Salvador descarta reajuste na tarifa de ônibus

Atualmente, a tarifa de ônibus em Salvador está em R$ 4. Foto: Gabriel Spadetto.

Anúncio foi feito durante entrega de 30 novos ônibus com ar-condicionado

JESSICA MARQUES

O prefeito de Salvador, na Bahia, ACM Neto, anunciou nesta terça-feira, 31 de dezembro de 2019, que não haverá reajuste na tarifa de ônibus na capital no início de 2020. A informação foi divulgada durante a entrega de 30 novos ônibus com ar-condicionado.

Segundo o prefeito, não haverá aumento por haver falta de acordo com os donos das empresas de ônibus, que querem um valor considerado exagerado, enquanto a Prefeitura defende uma tarifa que não esteja tão acima da atual.

“O impasse é que os empresários querem uma majoração da tarifa acima do que a prefeitura pode conceder neste momento. Tudo tem que ser feito com base técnica e com critério, esse é o impasse. Nós não vamos conceder um reajuste da tarifa acima do que é razoável, do que o cidadão tenha condições de pagar. E todo mundo sabe que a minha posição sempre foi essa, de olhar pelo usuário”, disse ACM Neto em entrevista à TV Bahia.

Atualmente, a tarifa de ônibus em Salvador está em R$ 4, valor considerado baixo pelos empresários de ônibus.

“Então, como não há acordo, não há entendimento, nós vamos continuar as conversas, as análises técnicas e, em determinado momento, isso pode acontecer. Agora, por enquanto, a decisão tomada é que não haverá o reajuste no dia 2 de janeiro, e não há data para que o reajuste seja concedido. Quando concluir o processo de diálogo, nós vamos informar à cidade”, explicou também.

NOVOS ÔNIBUS

Os novos ônibus entregues nesta terça são da CSN – Transportes Urbanos SPE S/A, com carroceria Neobus New Mega e chassi Volvo B270 F.

Relembre: Operadora de Salvador adquire 30 urbanos New Mega da Neobus

Segundo o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, ainda falta, da parte do Consórcio Salvador Norte, a entrega de 50 novos ônibus com ar-condicionado.

“Recebemos as notas fiscais que comprovam que esses coletivos serão entregues ainda em fevereiro”, disse Fábio Mota em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Paulo Jose do Sacramento disse:

    Tambem não aceitamosAumento na Regiâo Metropolitana de Lauro de Freitas.

Deixe uma resposta