Ônibus de Osasco não terão reajuste na tarifa, garante prefeito

Publicado em: 24 de dezembro de 2019

Foto: ônibus em Osasco (Adamo Bazani)

Segundo Rogério Lins, decisão foi tomada em conjunto por todos os dez prefeitos da região

ALEXANDRE PELEGI

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, garantiu nesta segunda-feira, 23 de dezembro de 2019, que a tarifa dos ônibus municipais não terá reajuste.

O anúncio foi feito em um vídeo em sua conta no Facebook.

Como mostrou o Diário do Transporte, o último reajuste foi anunciado em 29 de dezembro de 2018, quando o prefeito publicou o decreto 11.930 autorizando o aumento da tarifa para R$ 4,50. Relembre: Tarifa de ônibus em Osasco vai para R$ 4,50 em 1º de janeiro

Em vídeo transmitido nas redes sociais, o prefeito garantiu que não haverá reajuste:

Estou aqui na Prefeitura e eu quero comunicar pra você uma importante decisão que nosso governo acaba de tomar. Tradicionalmente, em todos os finais de ano, acontece o reajuste da tarifa do transporte coletivo municipal. E este ano nós decidimos que não terá reajuste nessa tarifa”, declarou Rogério Lins.

Ele concluiu afirmando que a decisão foi tomada em conjunto com os prefeitos que integram o Consórcio Intermunicipal Cioeste (Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo), composto pelas seguintes cidades, além de Osasco: Araçariguama, Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista.

Veja o vídeo:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Roberto Dias disse:

    Ótima decisão. Muito coerente por sinal, uma vez que, mesmo com um pequeno reajuste, a TARIFA ÚNICA da Capital Paulista, continuará menor que a de Osasco, que tem suas linhas em geral com percursos muito mais curtos que as de São Paulo.

Deixe uma resposta