Metrô dá início a estudos da linha 19 que vai ligar Guarulhos ao Anhangabaú e prevê projeto básico para 2020

Publicado em: 10 de dezembro de 2019

Etapa inicial é identificar redes de serviços e utilidade pública, além de infraestrutura ao longo do traçado

ADAMO BAZANI

A tão aguardada linha 19-Celeste do Metrô, prevista para ligar o Bosque Maia, em Guarulhos, na região metropolitana, ao Anhangabaú, na região central da capital paulista, teve nesta semana um passo importante, segundo a estatal.

A Companhia do Metrô informou que emitiu na última sexta-feira, 6, Ordem de Serviço para o início dos estudos de Mapeamento de Cadastro de Interferências.

Segundo a estatal, a “etapa é uma das mais importantes entre os trabalhos que precedem a implantação de uma linha de metrô.”

As ações começam nesta semana e têm o objetivo de “identificar as redes de utilidades públicas de infraestrutura urbana ao longo do trajeto previsto inicialmente.”

Sem estes estudos, é impossível iniciar o projeto básico que, segundo o Metrô, deve ser contratado ainda em 2020.

O trecho Bosque Maia (Guarulhos) – Anhangabaú deve ter 15 estações em 19,4 km, de acordo com o Projeto Funcional.

Após a elaboração do projeto básico, os próximos passos são definir as fontes de recursos financeiros e contratar os Projetos Executivos, para só assim as obras terem início.

O Metrô não informou na nota a previsão para que a linha esteja em funcionamento, mas destacou em que consistem estes estudos.

“As atividades começam nesta semana e servirão para identificar as redes de utilidades públicas de infraestrutura urbana ao longo do trajeto previsto inicialmente. Isso garante mais precisão na previsão de interferências para a construção da linha, permitindo mais assertividade nos projetos de remanejamentos de redes como de abastecimento de água, esgoto, energia e galerias de águas pluviais, bem como de outros serviços públicos.”

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Desculpem mas Curuçá que conheço é em S. Miguel….

    1. Moacir Pinto de Souza disse:

      É referência a Rua Curuçá na Vila Maria.

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Metro que faz o itinerário do buzão não serve pra nada.

    Metro pra Guarulhos ?

    Só se seguir em linha reta e elevada pela Dutra Diretão e claro com estações no meio similar ao trajeto da foto.

    Se manter esse itinerário, tem de renomear para Linha Nações Unidas, em homenagem a Viação Nações Unidas que cobria toda essa área.

    Num vai mesmo, pode ser vermelho, azul ou verde amarelo o BarsiLei num vai mesmo, nem cum reza braba zefio.

    Att,

    Paulo Gil

  3. Roberto disse:

    Que notícia boa ate que em fim a sonhada linha vai sai do papel ,que otimo para a população da zona norte ,vila maria entre outros bairros ali e pro duplamente guarulhos.

  4. Aloisio dos Santos Junior disse:

    Gostaria muito de saber sobre como andam as licitações da Linha 6 Laranja. Sou morador da região a 38 anos as obras começaram desapropriações já foram feitas e está tudo parado a 2 anos. Alguém sabe de alguma coisa?

  5. Aminaildes Neri de Almeida disse:

    Guarulhos precisa mesmo de um metro, que maravilha.. que pena que adiaram mais uma vez.aqui as condições são todas contra mão.

Deixe uma resposta