Projeto de novo padrão de pinturas de ônibus de São Paulo restabelece cores por região e amplia marca da SPTrans

Publicado em: 26 de outubro de 2019

Em reunião do CMTT, com cobertura do Diário do Transporte, gerenciadora garantiu que ônibus pratas seriam repintados

ADAMO BAZANI

Os ônibus da cidade de São Paulo podem ter um novo padrão visual.

As cores identificando cada região serão mantidas, mas a disposição deve ser diferente na lataria.

Imagens que circularam na manhã deste sábado, 26 de outubro de 2019, em redes sociais e grupos de WhatsApp, mostram dois ônibus da empresa Transwolff estilizados com a nova proposta.

Pelas imagens, as cores se estendem por grande parte da lateral e o símbolo da SPTrans, gerenciadora do sistema, ganha mais destaque pelo projeto gráfico visual.

Um veículo usado para a proposta é elétrico para operações na zona Sul, com a faixa azul claro, e outro é convencional de motor dianteiro, com faixa vinho para a zona Sudoeste.

Ainda não há informações sobre se este será definitivamente o padrão de pintura da cidade.

A reportagem mandou solicitação para a SPTrans na manhã deste sábado para mais informações sobre as imagens. Em nota, a gerenciadora do transporte público da capital respondeu que “o modelo faz parte dos testes para a nova identidade visual. No entanto, esta versão já sofreu alterações”.

A proposta vem ao encontro do que declarou nesta semana a assistente técnica de planejamento da SPTrans – São Paulo Transporte,  Olívia Aroucha, durante reunião do CMTT – Conselho Municipal de Mobilidade e Transporte, que ocorreu nesta quarta-feira, 23 de outubro de 2019, com cobertura do Diário do Transporte.

Segundo a técnica da gerenciadora do sistema, haverá mudanças nos códigos das linhas de acordo com a nova rede proposta nos novos contratos com as empresas de ônibus decorrentes da licitação dos transportes e que foram assinados em 06 de setembro de 2019.

A SPTrans garantiu na reunião que os novos ônibus que  circulam apenas com a cor prata serão pintados.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/10/25/sptrans-garante-em-conselho-que-cores-de-onibus-serao-mantidas-mas-vao-ser-adequar-as-mudancas-de-codigos-de-linhas/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    Pintura pra lá de preguiçosa! As empresas agradece, já que todos os carros já saem de fábrica na cor cinza. Não precisa nem pintar, só por uma plotagem . Adamo, na parte frontal e traseira terá cores também? Pois ao meu ver não adiantará nada ter cor só nas laterais

  2. Nelson Severino Silva Filho disse:

    Tem que ter cor são Paulo já e muito cinzenta pelo amor de Deus

  3. Cláudio Mantovani Vieira disse:

    Feio prá caramba!
    Prá mim, a pintura mais bacana que os ônibus já tiveram é a saia e blusa.

  4. Alfredo disse:

    Cada empresa deveria ter suas próprias cores, com um mínimo de três tonalidades diferentes, empresas como a Metrópole Paulista deveria ter cada garagem de uma cor diferente das demais, isto mostra se a conservação está em dia e cria vínculo com o usuário, sobretudo os que tem dificuldade para ler

Deixe uma resposta