Operação Linha Cruzada no Mato Grosso apreende mais cinco ônibus

Publicado em: 22 de outubro de 2019

Ônibus apreendidos. Fotos: Divulgação – Ager / MT.

Foco é impedir embarques e desembarques dentro do Estado sem autorização

ADAMO BAZANI
Colaborou Jessica Marques

A Ager/MT, agência que regula os transportes no Mato Grosso, realizou mais uma etapa da Operação Linha Cruzada, contra irregularidades nos transportes no Estado.

Desta vez, foram retidos cinco ônibus, tanto de linhas interestaduais que não tinham autorização de fazer embarque ou desembarque em trajetos interestaduais quanto por transporte ilegal.

Segundo a agência, foram retidos ônibus das seguintes empresas:

1 Expresso São Luiz (DD recem comprado da Garcia);
1 Matriz Transportes;
1 Viação Gontijo;
1 Eucatur;
1 Locar Transportes (micro).

Ainda de acordo com a Ager/MT, desde novembro do ano passado até esta terça-feira, 22 de outubro de 2019, foram realizadas 109 apreensões de veículos por diversas irregularidades.

O objetivo, segundo o Governo do Estado, é proteger o transporte intermunicipal e dar maior tranquilidade ao cumprimento dos contratos atuais que são sob regime emergencial.

Confira as imagens da operação:

WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.49WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.50 (3)WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.50 (2)WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.50 (1)WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.50WhatsApp Image 2019-10-22 at 12.35.51 (1)

Conforme mostrou o Diário do Transporte, está em andamento a licitação dos contratos de 20 anos para o sistema de ônibus rodoviários. A entrega das propostas está prevista para 12 de novembro.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/10/10/mato-grosso-abre-licitacao-para-contrato-de-20-anos-dos-onibus-rodoviarios/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes
Colaborou Jessica Marques

Comentários

  1. Rudi Germano schutz disse:

    Deveriam deixar todos venderem pois isto só vem para ajudar o passageiro que tem opcao de escolher com quem quer viajar tínhamos uma das maiores tarifas do Brasil praticamente

    1. Paulo Gil disse:

      Rudi Germano Schutz, boa noite.

      Fique tranquilo, o BUSER está crescendo.

      Só assim para acabar com a tara em fiscalizar, ao invés da tara de um ótima operação.

      E depois só tem buzão lindão e zero KM, ai tem de apreender, sabe né, INVEJA.

      Abçs,

      Paulo Gil

  2. Marcos Roberto Ozeika disse:

    Isso é um absurdo quando era ônibus velho caindo os pedaço ninguém fiscalizava nada agora que podemos escolher onde viajar fica essa marmota esse negócio de licitação é sonhará fraude e roubo

Deixe uma resposta