Empresa de ônibus de Petrópolis (RJ) utiliza energia solar na garagem

Publicado em: 22 de outubro de 2019

Instalação ocupa uma área de aproximadamente 800 m² em Itaipava

JESSICA MARQUES

A Turb Petrópolis, empresa de ônibus que opera no município de Petrópolis, no Rio de Janeiro, informou em nota que a primeira viação do Estado do Rio de Janeiro a adotar o Sistema de Geração de Energia Solar Fotovoltaica, que é obtida por meio da conversão direta da luz em eletricidade.

Inaugurado no início deste mês, o sistema de energia solar está instalado na garagem da empresa, em Itaipava. Com o sistema, a empresa passa a ter a capacidade de produzir a própria energia, que anualmente pode chegar a 169 mil quilowatt-hora (KWh).

Conforme informado, em nota, a empresa contribui “com a geração de 36 toneladas de crédito de carbono, medida que calcula a redução da emissão de gases de efeito estufa. De acordo com especialistas, essa proporção equivale ao plantio de 150 árvores, compensação de consumo de 15 mil geladeiras, ou compensação de 264 mil banhos.”

Segundo Jean Moraes, diretor da Turb Petrópolis, entre os fatores que contribuíram para a implementação do parque de energia solar em Petrópolis estão a localização, capacidade geográfica que possui para receber energia e retorno do investimento em menor escala de tempo.

“Assim como em qualquer empresa, tentamos buscar soluções tecnológicas disponíveis no mercado que possam otimizar todos os nossos custos. Dessa maneira, além de gerar economia, também estamos focando em práticas sustentáveis que possam contribuir com o meio ambiente. Falando sobre valores, calculamos que o retorno do nosso investimento vai acontecer em um período de aproximadamente três anos”, disse.

Ao todo, 348 placas de 365 Wp (WattPico) foram instaladas no jardim da empresa, pesando 11 toneladas. Com Potência Total de 127.020 Wp, o painel é composto por dois inversores de 40KW e um de 22KW, totalizando 102KW. Além disso, possui um transformador de 220v/380v de 115KW. Para a implantação do sistema, foram utilizados mais de dois mil metros de fios.

OUTRAS MEDIDAS

A Turb Petrópolis também conta, há cinco anos, com um sistema de captação de água da chuva e reúso. Com isso, a empresa já reaproveitou 63 milhões de litros de água.

Somente no ano passado, quase 13 milhões de litros foram reutilizados para a lavagem dos ônibus, além da irrigação de mais de 10 mil mudas de árvore em uma área de 61.000 m², que faz parte de um projeto de reflorestamento do local.

Neste mesmo local, todo o lixo vegetal como folhagens e restos de podas é recolhido e destinado para uma área onde passam por tratamento, virando adubo posteriormente para a manutenção do reflorestamento da empresa, conforme informado, em nota.

Com relação à operação, a Turb Petrópolis informou que 100% da frota que circula pelo município atende ao índice estipulado pelos órgãos de proteção ao meio ambiente, apesar de serem movidos diesel, combustível fóssil não-renovável.

A aferição do nível de fumaça é feita a cada quatro meses e a frota é certificada com o Selo Verde, um convênio formado entre a Fetranspor, Inea e o Programa Despoluir da CNT – Sest/Senat, segundo informações da empresa.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Luiz Cláudio disse:

    Parabéns…sempre passo em frente a está localização. E fico impressionado…
    Sempre tive curiosidade de saber como funciona esse sistema… Na garagem do ônibus .parabéns…..
    Excelente reportagem esclarecedora.

  2. Marcelo disse:

    Só falta, agora, prestar, de forma satisfatória, o serviço, para o qual foi designada…

    …péssima logística e qualidade tenebrosa no cumprimento dos horários!

  3. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Não sei se é verdade, ouvi ou li que a ANEEL está querendo taxar que produz energia solar ou própria.

    Nada muda no BarsiLei.

    Não vamos animar não.

    Mas em todo caso Parabéns à TURB.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta