Metrô de SP requer licença ambiental à prefeitura de SP para trecho final de monotrilho da linha 15-Prata

Publicado em: 9 de outubro de 2019

Estação Vila Prudente, uma das pontas do monotrilho da linha 15-Prata. Foto Adamo Bazani (Diário do Transporte)

Trecho corresponde a aproximadamente 4,0 km de via elevada com início após a Estação Jardim Planalto e término na Estação São Mateus

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia do Metrô de São Paulo solicitou à Secretaria do Verde e Meio Ambiente da prefeitura da capital a Licença Ambiental de Operação – LAO – para o trecho correspondente a aproximadamente 4,0 km de via elevada da Linha 15 – Prata, em monotrilho.

A solicitação, comunicada na edição desta quarta-feira do Diário Oficial do Estado, 09 de outubro de 2019, refere-se ao trecho com início após a Estação Jardim Planalto e término na Estação São Mateus, que inclui as estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus.

Este trecho está atualmente em obras, e as três estações estão sendo prometidas pelo governador João Dória até o fim deste ano.

A estimativa foi apresentada por Dória, como mostrou o Diário do Transporte, no dia 26 de agosto de 2019, na cerimônia de entrega da Estação Jardim Planalto, zona Leste de São Paulo. Relembre: Com nova estação da Linha 15-Prata, monotrilho passará a transportar 100 mil passageiros por dia, diz Doria

A estação final da linha, Jardim Colonial, já teve as obras autorizadas e deve ser entregue até 2021.

A linha completa deve transportar em torno de 400 mil passageiros por dia útil.

linha15_licença ambiental

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Mauro apolinario disse:

    E o trecho até a cidade TIRADENTES?

    1. Victor Fernandes Avilés disse:

      MORE, PODE ESPERAR MAIS UNS 20 ANOS HAHAHHAHAHA

  2. Laurindo Martins Junqueira Filho disse:

    O trecho restante da Linha 17 de monotrilho (o mais fácil de ser construído) só não foi instalado porque o partido P não gosta do partido T… E os do partido S, q ficaram encima do muro, silenciaram ante o descalabro generalizado das três
    partes.

  3. Rodrigo disse:

    Bom dia a viamobilidade vai assumir quando a linha 15 prata

  4. Jefferson disse:

    Bom dia!
    Como fica a questão da assinatura do contrato com a CCR?

  5. Felipe disse:

    Quando o ramal da linha 15 prata será passado para a via mobilidade assumir?

  6. Rodrigo disse:

    Quando ccr vai assumir a linha quinze

  7. Julio disse:

    E a assinatura do contrato nada né!? Porque eu mais umas 100 pessoas estamos aprovados em todas as etapas da contratação para vaga de Agente de segurança , porém ainda não estamos trabalhando por causa desse contrato que não é assinado pelo governo para a Via4 mobilidade assumir a operação da linha 15.

    Conheço pessoas que iniciaram o processo em abril deste ano, e até saíram de seus empregos acreditando que em Maio já estariam trabalhando.

    Eu mesmo até documentação para processo adminicional entreguei, exames médicos psicotécnico TAF tudo aprovado, porém já até perderam a validade.

    Não da pra acreditar que mediante tudo isso ainda nao estou trabalhando, muito decepcionante pois me despus de tempo e dedicação para esse emprego.

    Não só a mim mais a todos que fizeram e foram aprovados foi garantido a contratação.

    Não tenho mais nem esperança nessa contratação.

  8. Rodrigo disse:

    Por favor tem que te alguém que de uma satisfação para nós que participamos desse processo tão demorado liga na agência que fez a celecao eles não sabem de nada total falta de comprometimento e quando fomos chamado lá na Viamobilidade eles falaram que estavam esperando terminar as estação e esse mês termina vamo ver se vai assinar esse contrato com o governo.

Deixe uma resposta para Victor Fernandes Avilés Cancelar resposta