Viação São Roque chega a 10 dias de greve com quatro ônibus em operação

Publicado em: 30 de setembro de 2019

Fiscais da EMTU informaram que apenas cinco ônibus estão em condições de operação. Foto: Sindicato dos Rodoviários.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, paralisação ocorre devido à falta de pagamento dos direitos dos trabalhadores

JESSICA MARQUES

A greve de ônibus na Viação São Roque completa dez dias nesta segunda-feira, 30 de setembro de 2019. Ao todo, apenas quatro ônibus estão em operação cumprindo parcialmente a programação horária das linhas 6214, 6215, 6218 e 6219.

Por conta da paralisação dos rodoviários, as linhas 6216, 6220 e 6214DV1 não estão circulando na região, segundo a EMTU.

Segundo informações da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), a empresa está sendo autuada diariamente pelo descumprimento da tabela horária e desatendimento aos passageiros.

A Viação São Roque é responsável pelo transporte intermunicipal de passageiros de São Roque, Alumínio, Mairinque e Ibiúna, na Região Metropolitana de Sorocaba, no estado de São Paulo. A paralisação ocorre desde 21 de setembro.

“Como complemento à ação fiscalizadora, a EMTU/SP realizará, no decorrer desta semana, inspeções técnicas em todos os veículos cadastrados”, informou a EMTU, em nota.

O sindicato, por sua vez, informou que os fiscais atestaram que apenas cinco ônibus estão em condições de operação. Contudo, a EMTU informou que, desde a última quarta-feira, 25, apenas dois ônibus foram recolhidos da garagem, devido a falta de condições de segurança para operação.

“No domingo, 29, durante toda a manhã, um grupo de fiscais da EMTU [Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos], que trabalham na central em Campinas, estiveram na garagem da empresa Viação São Roque e fizeram a inspeção em todos os ônibus da empresa”, informou o Sindicato dos Rodoviários Sorocaba Região, em nota.

Ainda segundo a categoria, “a EMTU encontrou apenas dez ônibus da empresa e, desses dez, atestou que apenas cinco estão em condições para circulação e, mesmo esses, com pendências a serem resolvidas”.

Diante da determinação da EMTU, o sindicato garantiu, também em nota, que está com toda a frota disponível em operação, ou seja, os cinco coletivos. Apesar da alegação, a EMTU informou que apenas quatro veículos estão atendendo aos passageiros.

“O Sindicato dos Rodoviários foi informado pelos fiscais da EMTU no domingo sobre quais ônibus podem circular e o departamento jurídico da entidade sindical irá peticionar para informar à Justiça do Trabalho do ocorrido, assim como irá pedir urgência para que a EMTU esclareça a situação nos autos”, informou.

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, na última semana a EMTU apreendeu veículos da Viação São Roque por falta de condições seguras para operação. Entre as irregularidades encontradas estavam pneus “carecas” e banco do motorista apoiado por um pedaço de madeira.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/09/27/em-setimo-dia-de-greve-emtu-recolhe-mais-dois-onibus-da-viacao-sao-roque/

O Diário do Transporte não conseguiu contato com a empresa para repercutir os fatos.

PARALISAÇÃO

A paralisação na Viação São Roque teve início no último sábado, 21 de setembro de 2019. O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e a empresa não chegaram a um acordo durante a audiência de conciliação no TRT-15 (Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região), realizada na quinta-feira, 26, e a greve continua.

Os trabalhadores informaram, em nota, que o Ministério Público do Trabalho solicitou à empresa que pague até segunda-feira, 30, os salários e direitos atrasados aos trabalhadores que foram “cortados do INSS” e o médico da empresa não liberou para retornar ao trabalho.

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informa que a empresa tem atrasado com frequência o pagamento de salário, tíquete-refeição e cesta básica.

Outros benefícios também não estão sendo pagos, segundo a categoria, como férias e participação nos lucros e resultados (PLR), além do não recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Ainda segundo a categoria, a desembargadora Olga Aida Joaquim Gomieri, que presidiu a audiência, determinou que a empresa apresente documentos que comprovem essa transação imobiliária e apresente um relatório com os valores devidos aos trabalhadores e um plano de pagamento, que deverão ser apresentados na próxima audiência.

A desembargadora também determinou que a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) apresente um laudo de condições de operação de todos os veículos da empresa.

Uma nova audiência de conciliação foi agendada para a próxima quinta-feira, dia 03 de outubro de 2019.

EMTU PODE TIRAR EMPRESA DO SISTEMA

Em nota ao Diário do Transporte, a EMTU informou que, devido a condições dos veículos e à situação trabalhista, pode tirar a Viação São Roque do sistema.

Durante uma operação na manhã desta quarta-feira, 25, a EMTU verificou que, do total de seis ônibus que estavam em circulação, dois apresentavam problemas de segurança e foram recolhidos para a garagem. A permissionária foi penalizada, conforme a legislação em vigor.

“A Viação São Roque se comprometeu a regularizar as pendências trabalhistas e a situação de conservação e manutenção da frota o mais breve possível. Se não atender as determinações, a EMTU/SP adotará as medidas cabíveis para a substituição da empresa no transporte metropolitano da região de Sorocaba”, informou a EMTU, em nota.

Nesta semana, o sindicato havia publicado um vídeo mostrando más condições de operação dos ônibus da empresa, como pneus carecas, cinto de segurança frouxo e problemas mecânicos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Comentários

  1. Roston Gomes disse:

    Uma Pergunta cadê o DORIA para resolver isto temos Governador aqui em São Paulo está reportagem mostra a TOTAL inoperância desta EMTU (ORGAO DO GOVERNO DO ESTADO) JA PASSOU DA HORA DE TIRAR ESTA.EMPRESA NA OPERACAO
    NA REGIAO TEM DEZENDAS DE EMPRESAS QUE TEM CONDICOES DE OPERAR ESTAS LINHAS
    FALTA COMO DIZ DORIA GESTAO

  2. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    PADRÃO “ÁREA 05 DA RMTU/RMSP” DE OPERAÇÃO! kkkkk Ahora, falando serio…Demorou pra tirarem essa Empresa ai do Sistema da EMTU – Regiao de Sorocaba-SP!

  3. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Perdão… o teclado me traiu kkk nao é “RMTU” …é EMTU! 😆

Deixe uma resposta