Recarga on-line do CartãoGV, no Espírito Santo, já está disponível

A modalidade do Vale Transporte já oferece a recarga on-line para os empregadores. Foto: Divulgação.

Nesta segunda-feira, também começou a circular o Ônibus Itinerante para emissão do bilhete

JESSICA MARQUES

O Governo do Estado do Espírito Santo informou nesta segunda-feira, 09 de setembro de 2019, que a recarga on-line do CartãoGV já está disponível.

Além dos postos de recarga e do autoatendimento nos terminais, os usuários de transporte coletivo que utilizam a bilhetagem eletrônica já podem recargar seus CartõesGV, incluindo os migrados, de forma on-line no site www.cartaogv.com.br.

A modalidade do Vale Transporte já oferece a recarga on-line para os empregadores. A recarga também pode ser realizada no site do CartãoGV.

“Até o final de outubro também será possível realizar a recarga via o aplicativo ÔnibusGV, utilizando as ferramentas de picpay e recarga pay”, informou o Governo do Estado, em nota.

O CartãoGV pode ser adquirido nos postos de venda do GVBus, nos terminais do Transcol (com agentes de venda) ou ainda em farmácias da Rede Farmes, após cadastrar o CPF. O valor do cartão é de R$ 10,00, que são convertidos em créditos.

Ao Diário do Transporte, o GVBus informou que em até seis anos nenhum ônibus da Grande Vitória deve ter cobradores e que a rede de vendas e processamento da bilhetagem eletrônica será ampliada por meio de um convênio.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/09/09/grande-vitoria-tera-toda-a-frota-de-onibus-sem-cobradores-em-ate-seis-anos-dizem-viacoes/

Ônibus Itinerante

Nesta segunda-feira, também começou a circular o Ônibus Itinerante do CartãoGV, no qual será possível adquirir o cartão e fazer recarga.

Na primeira semana, o ônibus ficará no bairro Marcílio de Noronha, em Viana, que atualmente não conta com terminal do Transcol.

A programação de onde o ônibus Itinerante vai circular está disponível no site www.cartaogv.br.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta