Governo do MT conclui contratações emergenciais do transporte intermunicipal

Publicado em: 4 de setembro de 2019

Todos os 16 lotes foram preenchidos e empresas abriram mão de recursos. Contratos devem ser assinados nos próximos dias, segundo a Sinfra/MT

ADAMO BAZANI

O Governo do Mato Grosso concluiu nesta quarta-feira, 04 de setembro de 2019, o procedimento de contratações emergenciais do sistema de ônibus intermunicipais, que deixa de ser por linhas e passa a ser regulado por mercados.

O chamamento faz parte de um ajustamento de conduta firmado entre o governo e o Ministério Público para regularizar os transportes.

Os contratos emergenciais têm duração de seis meses. A Sinfra, Secretaria de Infraestrutura e Logística, deve realizar ainda uma licitação com contratos de maior duração.

O sistema foi dividido em oito mercados com dois lotes cada: lote básico (com ônibus mais simples e passagens mais baratas) e lote diferenciado (com ônibus de alto padrão e tarifas mais elevadas).

Ainda restavam lotes que não tinham sido definidos porque na tentativa do início do ano tiveram resultado deserto (sem proposta) ou foram alvos de recursos.

Nesta quarta-feira, segundo a Ager/MT, agência que regula os transportes, e a Sinfra, foram preenchidos todos estes lotes que estavam em aberto.

Valores apresentados:

MIT 03 Categoria Básica :
Viação Esmeralda – R$ 0,1699
Exclusive Tur – R$ 0,1459
Viação Araés – R$ 0,1308
Rio Novo Transportes – R$ 0,1287

Vencedora
Rio Novo Transportes – R$ 0,1287

Passagem hoje contada de Cuiabá x Barra do Garças é R$ 149,00

Com a Rio Novo R$ 70,00

Valores Mit 4

MIT 04 Categoria Básica :
Viação Esmeralda – R$ 0,1601
Rio Novo Transportes – R$ 0, 1220
Aries Transportes – R$ 0,203395

Vencedora
Rio Novo Transportes – R$ 0, 1220

Passagem que hoje é cobrada na Cuiaba x Querência a R$ 267,00

Com a Rio Novo R$ 130,00

Valores MIT 08 :

MIT 08 Categoria Básica :
Viação Esmeralda – R$ 0, 1499
Exclusive Tur – R$ 0,1353
Áries Transportes – R$ 0,079699

Vencedora
Áries Transportes – R$ 0,079699

O valor de Cuiabá x Sinop hoje é praticado a R$ 149,00 e Cuiabá x Juara R$ 210,00

Com a Áries Transportes Cuiabá x Sinop : R$ 45,00 e a *Cuiabá x Juara : R$ 69,00

MIT 01

MIT 01 Categoria Diferenciado:
Exclusive Tour – R$ 0,2965
Clautur Turismo – R$ 0,2725

Vencedora
Clautur Turismo – R$ 0,2725

Segundo a Sinfra, as empresas abriram mão dos recursos. Os contratos emergenciais duram seis meses e o governo do Estado acredita que em aproximadamente 30 dias lança a licitação definitiva.

HISTÓRICO

Em agosto deste ano, o conselheiro interino do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Luiz Henrique Lima, relator das Contas de Gestão da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), revogou a Medida Cautelar que suspendeu a contratação emergencial para exploração do transporte público intermunicipal do Estado.

A Medida Cautelar foi publicada no Diário Oficial de Contas (DOC) do TCE-MT no dia 24/06.

O lançamento da licitação, realizado em março deste ano, faz parte de um acordo entre Ministério Público e o Governo do Estado para regularizar o sistema de transportes.

Pelo ajustamento de conduta, o Estado se comprometeu a assinar os contratos emergenciais até abril deste ano.

Enquanto as empresas estiverem operando de forma emergencial, a Sinfra deve providenciar a licitação para os contratos de maior duração, pelos quais serão exigidos mais investimentos das companhias de ônibus.

A decisão de suspender a contratação emergencial do transporte intermunicipal do estado foi tomada em caráter singular pelo conselheiro Guilherme Maluf em junho deste ano.

No dia 26 de março de 2019, 20 empresas ofereceram propostas para os contratos emergenciais. Destas viações, 11 prosseguiram na licitação e algumas propostas não puderam ser abertas, na ocasião, por causa de recursos.

A partir daí, a Sinfra passou a realizar contratos para alguns lotes, como foi o caso do Mercado 2 – Rondonópolis, para o qual foi homologada a Expresso Itamarati, e a Viação Juína, homologada para o mercado 6 – região de Tangará da Serra.

As duas empresas passaram a operar em junho, no Lote de serviços básicos (Lote 1), operados por ônibus mais simples, com mais paradas no trajeto e tarifas mais baixas. Relembre:

Licitação de contrato emergencial de rodoviários de Mato Grosso homologa Expresso Itamarati

Mato Grosso homologa mais uma empresa licitação emergencial de ônibus rodoviários intermunicipais

A partir de 06 de junho, novas empresas começam a operar grupos de linhas intermunicipais em Mato Grosso e Expresso Itamarati deve assumir mais um lote

O processo ainda não foi concluído. Com a revogação da Medida Cautelar, o processo de contratação emergencial das linhas rodoviárias pode agora prosseguir.

O sistema de transportes intermunicipais do Mato Grosso foi dividido em oito mercados por regiões, com dois lotes cada: categoria básica (ônibus mais simples e tarifas mais baixas) e diferenciada (ônibus de maior padrão e tarifas mais altas).

DIVISÃO DO SISTEMA:

Mercado 01 – Região Metropolitana de Cuiabá

Lote I – Categoria Básica – Consórcio Metropolitano

Lote II – Categoria Diferenciada – Clautur Viagens (Aguardando Recurso)

Mercado 02 – Rondonópolis

Lote I – Categoria Básica – Expresso Itamarati

Lote II – Categoria Diferenciada -Empresa Novo Horizonte

Mercado 03 – Barra do Garças

Lote I – Categoria Básica – Rio Novo Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada – Gênesis Bus

Mercado 04 – São Félix do Araguaia

Lote I – Categoria Básica -Rio Novo Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada – Pevidor Transportes

Mercado 05- Cáceres

Lote I – Categoria Básica – Expresso Itamarati

Lote II – Categoria Diferenciada – Viação Juína

Mercado 06 – Tangara da Serra

Lote I – Categoria Básica – Viação Juína

Lote II – Categoria Diferenciada – Gênesis Bus

Mercado 07 – Alta Floresta

Lote I – Categoria Básica – Áries Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada – Viação Novo Horizonte

Mercado 08- Sinop

Lote I – Categoria Básica -Áries Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada – Expresso Satelite Norte

O Governo do Mato Grosso concluiu em 04 de setembro de 2019 o procedimento de contratações emergenciais do sistema de ônibus intermunicipais, que deixa de ser por linhas e passa a ser regulado por mercados.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Colaborou Jessica Marques 

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Este é o Barsil que todos conhecemos.

    Tem tanta lei, que a única saída são os contratos emergenciais “naquele” brecinho de Brimo para sa empresas.

    Enquanto isso:

    O CONTRIBUINTE QUE SE EXPLODA.

    Só não sei até quando conseguiremos honrar nossos impostos.

    Melhor o poder público e os políticos corrigirem seus rumos e rápidos.

    Afinal honra não paga impostos e com os salários congelados e uma enorme parcela da população desempregada, quero ver sustentar emergencial com o chapéu do contribuinte,

    Lembrando que: ” DINHEIRO PÚBLICO NÃO EXISTE”

    Att,

    Paulo Gil .

  2. ELEANDRO J. KLEIN disse:

    OLÁ, A PARTIR DE QUANDO ISTO IRÁ FUNCIONAR, POIS DE SINOP A CUIABA VALORES DE HJ 108,00 (16/09/2019) A PASSAGEM, MUITO SUPERIOR AO INFORMADO PELO GOVERNO QUE É DE 45,00.

    ISTO É UMA VERGONHA, ATÉ QUANDO SEREMOS ENGANADOS……….

Deixe uma resposta