Prefeitura de Campos dos Goytacazes reduz tarifa de ônibus do centro para terminais de integração

Prefeitura de Campos dos Goytacazes reduz tarifa de ônibus do centro para terminais de integração
Segundo a Prefeitura, medida é provisória. Foto: Divulgação.

Medida é provisória, segundo a administração municipal

JESSICA MARQUES

Nesta segunda-feira, 02 de setembro de 2019, a Prefeitura de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, reduziu a tarifa de ônibus do centro para terminais de integração.

Agora, os usuários do transporte que utilizarem os ônibus exclusivos da região Central para os terminais de integração, pagam R$ 1,50. Contudo, a medida é provisória.

“A redução é válida para embarque na Rodoviária Roberto Silveira ou no Terminal Luis Carlos Prestes (XV de Novembro). Esta é uma medida temporária com o objetivo proporcionar maior conforto aos passageiros neste período de transição para o transporte alimentador”, informou a Prefeitura, em nota.

Segundo o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), vans e micro-ônibus (transporte alimentador) também farão tarifas promocionais para reduzir o valor final para os usuários do sistema tronco alimentador.

Permissionários de Goitacazes, Venda Nova, Travessão e Ururaí já confirmaram à administração municipal que também farão valores promocionais nas vans que atendem a essas regiões. Valores estes que se unirão à redução temporária da tarifa dos ônibus, levando maior tranquilidade aos passageiros.

“Como já acontece desde o último mês, os usuários que utilizam o transporte alimentador e se deslocam dos distritos para a região Central continuarão pagando somente uma tarifa na van, não precisando pagar a tarifa dos ônibus em direção a região Central, nos terminais de integração”, informou também a Prefeitura.

“Esta é uma medida pensada para maior conforto do usuário neste período de transição, enquanto o sistema de bilhetagem eletrônica não é totalmente implementado, além de levar maior sustentabilidade aos permissionários do Sistema Alimentador. Para agilizar o processo de bilhetagem eletrônica e conforme nossa determinação, a empresa de bilhetagem iniciará na próxima segunda (02), terça (03) e quarta (04) uma força-tarefa junto aos veículos do transporte alimentador para que seja feita a instalação dos equipamentos e a integração possa ser efetivada o quanto antes”, disse, em nota, o presidente do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), Felipe Quintanilha.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta