Após decisão da Justiça, Prefeitura de Joinville (SC) autoriza reajuste de tarifa

O último reajuste, atualmente em vigor, foi autorizado no final de 2018. Foto: Divulgação.

Cabe às empresas escolherem se aplicam aumento ou não

JESSICA MARQUES

Após uma decisão da Justiça, a Prefeitura de Joinville, em Santa Catarina, decidiu autorizar o reajuste na tarifa do transporte coletivo. Contudo, cabe agora às empresas escolherem se aplicam o aumento ou não.

Conforme anunciado pela administração municipal, a passagem antecipada, que é comprada fora do ônibus, passaria de R$ 4,40 para R$ 4,50. Por sua vez, a passagem embarcada, adquirida na hora, iria de R$ 4,80 para R$ 4,90.

A Justiça decidiu que a Prefeitura autorizasse o aumento da tarifa para que o reajuste no valor da passagem acompanhe a planilha de custos das empresas concessionárias. As empresas devem definir sobre o aumento ainda nesta quinta-feira, 29 de agosto de 2019.

O último reajuste, atualmente em vigor, havia sido autorizado no final de 2018 e, segundo as empresas, o índice ficou abaixo da planilha.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/12/30/passagem-de-onibus-vai-custar-r-480-a-partir-de-janeiro-em-joinville-sc/

Na Justiça, as empresas argumentaram que a Prefeitura da cidade catarinense não teria cumprido sentença anterior, que determinou que a administração municipal deve seguir as planilhas de custos para a definição do índice de reajuste tarifário.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/07/24/ultimo-reajuste-dos-onibus-em-florianopolis-e-motivo-de-recurso-de-empresas-contra-a-prefeitura/

O transporte coletivo de Joinville é atualmente de responsabilidade das empresas Gidion e Transtusa.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta