Terminal provisório de Piracicaba (SP) entra em operação

O terminal provisório está funcionando atrás do TPI. Foto: Divulgação / Felipe Ferreira.

Mudança é necessária para obras de reconstrução do Terminal de Ônibus Piracicamirim

JESSICA MARQUES

O município de Piracicaba, no interior de São Paulo, está com um terminal de ônibus provisório em operação desde o início da manhã desta terça-feira, 27 de agosto de 2019.

A mudança é necessária para iniciar as obras de reconstrução do novo Terminal de Ônibus Piracicamirim (TPI). Desta forma, o terminal provisório está atendendo os usuários do transporte coletivo que embarcam ou fazem a integração no TPI.

A Construtora Maxfox LTDA é a responsável pela obra, que terá investimento de R$ 5,3 milhões e prazo de conclusão de 12 meses, segundo informações da Prefeitura. O investimento em obras de reforma do TPI está previsto no financiamento Mobilidade Médias Cidades.

O terminal provisório está funcionando atrás do TPI, em um terreno de 2.500 metros quadrados. A estrutura é coberta e conta com baias, bancos, calçada e cobertura, também de acordo com a Prefeitura.

Em nota, o secretário de Trânsito e Transportes, Jorge Akira, informou que nesse mesmo terreno também funciona o Varejão Municipal do Piracicamirim e foi feito um planejamento em parceria com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Sema) para que o terminal não afete o funcionamento do varejão.

NOVO TERMINAL

O novo TPI, segundo a Prefeitura, terá plataforma com 1.347,00 m², área coberta de 2.513,00 m² com tela anti-pássaro, iluminação LED, pista de rolagem em concreto para receber 12 ônibus ao mesmo tempo (hoje são 10 ônibus), além de 7 vagas para ônibus reserva. Um reservatório de água com capacidade de 36 mil litros será instalado.

“Fazem parte do projeto, também, área de convívio para motoristas (sala de reunião, refeitório, sanitários), vestiários masculinos e femininos acessíveis, banheiro para família e para ostomizados. Serão construídos ainda sala para a Guarda Civil, bicicletário e bilheterias”, informou a Prefeitura, em nota.

O projeto de acessibilidade ainda contempla as áreas interna e externa do Terminal, onde serão implantadas rampas. O novo terminal também terá piso tátil, rampas de acessibilidade e banheiros acessíveis, segundo a Prefeitura.

Os dispositivos de segurança incluem equipamentos de proteção contra descargas elétricas e de prevenção contra incêndio e câmeras de monitoramento.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Quando Piracicaba terá buzão com motor traseiro, ar condicionado, automático e suspensão a ar?

    Pode começar com “semi novos”; aliás como é a graaaaaaaaande maioria de todos os cabritinhos que rodam por lá.

    A cidade é quente e é impossível que em pleno 2020 não há sequer nem 1 buzão com ar condicionado.

    PODER PÚBLICO, ATUALIZE-SE, MODERNIZE-SE, TENHA EFICIÊNCIA, EFICÁCIA E APRESENTE RESULTADOS.

    Buzão com ar condicionado em cidades quente é condição “sine qua non”.

    Depois não reclamem de queda de demanda.

    Aí será tarde.

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta