Prefeitura de São Sebastião (SP) concede subsídio ao transporte coletivo

Publicado em: 27 de julho de 2019

Foto: Luiz Henrique

Valor do repasse mensal à empresa Ecobus poderá chegar a R$ 500 mil mensais; finalidade é manter a tarifa congelada por 18 meses, além de renovar a frota

ALEXANDRE PELEGI

Decreto do prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, publicado nesta quinta-feira, 25 de julho de 2019, definiu subsídio de até R$ 500 mil mensais à empresa Ecobus, atual concessionária do transporte coletivo da cidade do litoral paulista.

Os recursos subsidiarão a tarifa do transporte público, mantendo o valor congelado por mais 18 meses. O último reajuste ocorreu em 18 de março de 2016, quando o valor da passagem ficou definido em R$ 3,80.

O decreto define ainda que o repasse “será fornecido visando a melhoria do serviço público atualmente prestado, com a renovação e ampliação da frota por parte da concessionária, considerando as reclamações dos munícipes em relação às suas falhas”.

Para o cálculo do subsídio, foi considerado que o repassa por passageiro será com base em 25% sobre a tarifa atual.

Segundo o portal Radar Litorial, um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) assinado entre a Prefeitura e a Ecobus determinou que a empresa terá de aumentar e renovar a frota. No curto prazo a Ecobus deverá adquirir 38 ônibus usados. Em setembro, deverão ser acrescidos à frota mais nove ônibus usados, ano 2013.

Além dos coletivos usados, a Ecobus se comprometeu a adquirir 20 ônibus novos, 10 em dezembro deste ano e outros 10 em abril de 2020.

decreto_sbastiao.jpg

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta