Tradição e modernidade em homenagem ao Dia do Motorista. ABC terá museu do transporte

Publicado em: 25 de julho de 2019

Homenagem da Viação ABC aos motoristas e demais profissionais do setor. Foto: Adamo Bazani.

Grupo ABC, que vai completar 110 anos de atuação em 2020, presenteia os profissionais que fizeram história nos transportes e apresenta ônibus modernos para linhas entre São Bernardo do Campo e Santo André

ADAMO BAZANI

O Grupo ABC, que em 2020, completa 110 anos de atuação nos transportes do ABC Paulista, fez uma homenagem especial aos motoristas e demais profissionais do setor neste dia 25 de julho de 2019.

Na garagem, a Viação ABC, que possui 62 anos de operação, inaugurou o espaço Fernando Medina Braga, voltado para a recreação dos funcionários e também para a preservação da memória da mobilidade da região. O nome é referência a um dos patriarcas do grupo.

O motorista Laudelino Gimenez, que está há 62 anos no grupo empresarial, e tem muita história para contar, considera o espaço uma recompensa.

“Entrei em junho de 1957 e estou trabalhando no grupo até hoje. Esse espaço de memória para mim foi uma novidade e eu espero que agrade a todo mundo para que possamos juntos participar de todos os jogos neste local”, afirmou.

WhatsApp Image 2019-07-25 at 15.24.35

A diretora do Grupo ABC, Maria Beatriz Setti Braga, relatou a importância de homenagear os trabalhadores que ajudaram a construir os transportes na região.

“A ABC foi construída por essas centenas de motoristas e mecânicos, desde a época dos Tilburys. Esse resgate a gente tem que fazer para os que estão vivos e para os que estão no céu olhando e participando junto conosco. Temos que nos unir para agradecer, porque isso só se consegue com muita luta, união e amizade, com o trabalho sempre remando para o mesmo lado”, disse.

Ouça:

O irmão de Beatriz, João Antônio Setti Braga, também diretor do Grupo ABC, disse que o funcionário é a essência de uma empresa e que o grupo possui um projeto para resgatar a memória dos transportes, com a abertura de um museu, que deve ser inaugurado até novembro de 2020.

“Estamos fazendo isso com o intuito de resgatar a história desse pessoal antigo, que deu o alicerce para essa empresa. Queremos trazer tudo o que é informação, carinho, lembrança e o que foi de positivo em todos esses anos para fazer uma grande festa de 110 anos”, afirmou.

WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.31.58

“Jardineira” Chevrolet, ano 1956

João Antônio Setti Braga contou ainda que alguns veículos mais antigos estão sendo restaurados na empresa.

“Vamos ter nesse museu e já temos em nossa propriedade o Tilbury, que foi o precursor disso tudo e que está na vitrine, na frente da empresa, e é de 1910. Já consegui comprar o Chevrolet 1926, o Ford 1933, que estou fazendo as duas carrocerias e estou garimpando os carros relativamente mais fáceis, como os 364 dos anos 1980, os 362 dos anos 1970, os Bela Vista, nosso intuito a partir do ano que vem é ter um carro por década”, afirmou.

Ouça:

WhatsApp-Image-2019-07-25-at-14.32.00.jpeg

Caio Alpha Scania F113HL ano 1998

O encontro em homenagem aos motoristas reuniu muitas histórias de dedicação aos transportes.

Dona Áurea Antônia Cardoso foi uma das primeiras motoristas mulheres do Brasil, há 44 anos. A motorista se recorda que existia preconceito, mas poucos se atreviam a mexer com ela, que tinha a fama de ser linha dura.

“Se mexesse no ônibus ia direto para a delegacia e descia todo mundo”, contou. “Eu criei um filho dentro do ônibus quando eu era cobradora, trocava fralda, dava leite, ia dar banho na casa de uma amiga no ponto final”. 

WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.32.00 (2)

Caio Vitória – Mercedes-Benz OF 1318/51

Com 40 anos de Grupo ABC, João da Cruz Pinto do Nascimento disse que entrou no setor de transportes por uma opção disponível de emprego, mas que com o longo do tempo se apaixonou pela mobilidade.

“Para mim não é um serviço, é um divertimento. Eu gosto daquilo que eu faço, quem me conhece no meu dia a dia sabe. É uma empresa que me deu de tudo e eu já fiz de cada coisa um pouquinho. Eu fui o primeiro motorista aqui no Brasil a dirigir um ônibus híbrido da Eletra, fiz teste com articulado e trabalhei no corredor de trólebus, que é do mesmo grupo”, contou.

WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.32.00 (1)

NOVOS ÔNIBUS

Na garagem da ABC, modelos históricos, como a jardineira Chevrolet ano 1956, o Caio Vitória – Mercedes-Benz OF 1318/51 ano 1993, o Caio Alpha Scania F113HL ano 1998, devidamente preservados para o acervo da empresa, abriam passagem para os novos Caio Apache Vip IV, Mercedez Benz OF 1724/59, com ar-condicionado e suspensão a ar que foram incorporados recentemente à frota para as linhas metropolitanas geridas pela EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos entre Santo André e São Bernardo do Campo.

Confira as imagens dos veículos:WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.34.38WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.33.29WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.39.04WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.39.06WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.39.06 (1)WhatsApp Image 2019-07-25 at 14.39.05 (1)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Colaborou Jessica Marques

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Muito legal a iniciativa da Viação ABC.

    Não podem esquecer dos O 362 quando a ABC comprou um montão deles, os quais tinham os bancos vermelhos também.

    Não esqueçam deste detalhe.

    Quem sabe o Grupo Constantino não se anima e abre ao publico o Museu da BR Mobilidade que tem muiiiiitas jóias também.

    Parabéns a todos do buzão do Barsil.

    Att,

    Paulo Gil

  2. Marcos disse:

    Laudelino Gimenes entrou no grupo Abc a 62 anos….ele entrou em 1957…ele nasceu no grupo abc?

    1. Matheus Santos disse:

      Boa tarde! Ele é de 1933.

Deixe uma resposta