Paralisação afeta linhas da Viação Piracema em Sorocaba e região

Ônibus da Viação Piracema. Há linhas completamente paralisadas. Foto: Nivaldo Júnior (Clique para Ampliar) – Imagem Ilustrativa

Segundo EMTU, São João cobre parte dos serviços

ADAMO BAZANI/ALEXANDRE PELEGI

Passageiros que utilizam ônibus da Viação Piracema, na região metropolitana de Sorocaba, no interior paulista, encontram dificuldades na manhã desta segunda-feira, 15 de julho de 2019.

A empresa presta os serviços de transporte intermunicipal entre Salto de Pirapora e Sorocaba, Salto de Pirapora e Araçoiaba da Serra (bairro Cerrado) e Salto de Pirapora e bairro Cocais (limite com Sarapuí).

De acordo com a EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, são afetadas completamente as linhas 6318, 6319, 6335, 6336 e 6337.

Outra empresa metropolitana, a Viação São João, atende parcialmente as linhas 6315, 6316 e 6317.

A EMTU diz que os funcionários da Piracema cruzaram os braços por questões trabalhistas.

Os funcionários iniciaram a paralisação em protesto contra uma séria de irregularidades na manhã da última  sexta-feira, 12 de julho de 2019.
O sindicato alega problemas quanto ao pagamento do salário, tíquete-refeição, férias, além do corte no plano de saúde e o não recolhimento do FGTS.
Outra queixa dos funcionários é quanto a problemas mecânicos da frota.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Paralisação afeta linhas da Viação Piracema em Sorocaba e região

  1. Cláudio Gomes Vergueiro // 15 de julho de 2019 às 18:13 // Responder

    Sem contar que tem muitos carros da piracema irregular como licenciamento atrasado, seguro atrasado entre outras irregularidades eu só acho que a EMTU deveria tomar providências urgentes antes que aconteça coisas piores

  2. Renato Vieira dos Santos // 16 de julho de 2019 às 00:18 // Responder

    Outra tranqueira é aquela viação Sao Roque.

1 Trackback / Pingback

  1. Após greve de quase um mês, Viação São João assume linhas da Piracema no interior paulista

Deixe uma resposta