Prefeitura de Curitiba anuncia aplicativo de venda de créditos para transporte público

Publicado em: 1 de julho de 2019

A venda efetiva para os usuários depende de ajustes operacionais das companhias e deve ocorrer nas próximas semanas. Foto: Divulgação / Prefeitura de Curitiba.

Ação é considerada parte do processo de modernização do sistema, após aprovação da bilhetagem eletrônica

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Curitiba, no Paraná, anunciou nesta segunda-feira, 1º de julho de 2019, um aplicativo de venda de créditos para recarga do cartão utilizado nos ônibus municipais do transporte coletivo.

A venda efetiva para os usuários depende de ajustes operacionais das companhias e deve ocorrer nas próximas semanas, ainda sem previsão exata, segundo a Prefeitura.

Os demais meios – no site da Urbanização de Curitiba S.A. (Urbs) e nas mais de 30 bancas credenciadas – continuarão funcionamento normalmente.

O aplicativo para venda de créditos é considerado parte do processo de modernização do sistema, após aprovação da bilhetagem eletrônica. O projeto foi aprovado pela Câmara Municipal em junho.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/06/11/camara-de-curitiba-aprova-projeto-que-garante-ampliacao-da-bilhetagem-eletronica/

EMPRESAS

O prefeito Rafael Greca esteve reunido recentemente com representantes de três empresas já credenciadas para carregamento por meio de seus aplicativos: Recarga Pay, Mercado Pago e Qiwi.

No caso do aplicativo Recarga Pay, não haverá cobrança de taxa para os usuários, conforme informado por Daniel Matias, vice-presidente de Novos Negócios da empresa.

Segundo o anúncio feito por Greca nesta segunda-feira, o credenciamento continua aberto até 2021, de forma que outras companhias possam vir a trabalhar neste setor.

“As empresas foram credenciadas e nos ajudarão a modernizar o processo de bilhetagem automática de Curitiba, facilitando a compra de créditos do sistema de transporte da cidade”, disse o prefeito, em nota.

OUTRAS OPÇÕES

Com a regulação estabelecida para bilhetagem eletrônica, a Prefeitura informou que a Urbs está trabalhando para viabilizar a instalação de totens para compra de passagens para uso diário ou semanal, a inserção da compra pelo aplicativo da Prefeitura, na tarifa diferenciada por horários, entras opções.

De acordo com o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, a ampliação da rede de venda e carregamento de valores em cartão transporte deve reduzir significativamente a circulação de dinheiro nos ônibus, estações-tubo e terminais.

“Além de proporcionar conforto aos nossos passageiros, que poderão recarregar seu cartão transporte a partir do celular e do cartão de crédito, teremos mais segurança em todo o sistema”, disse Maia Neto, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta