Prefeito de Campinas afirma que BYD vai ampliar unidade do município

Unidade passará a produzir ônibus elétricos. Foto: Divulgação.

Empresa ainda não divulgou detalhes sobre o projeto

JESSICA MARQUES

O prefeito de Campinas, no interior de São Paulo, Jonas Donizette, afirmou que a empresa chinesa BYD vai ampliar sua unidade no município, com o objetivo de dar início ao projeto de expansão da companhia no mercado brasileiro e na América Latina.

Ao portal Correio, o prefeito disse que a empresa especializada em energia limpa está buscando uma área de cerca de 500 mil metros quadrados na cidade para ampliar a planta local, onde já produz painéis solares e ônibus elétricos. A intenção é iniciar a produção de caminhões elétricos e ônibus articulados até o final de 2020.

O prefeito visitou a sede da BYD em Shenzen, na China, na semana passada, e disse ao portal local Correio que a Prefeitura vai auxiliar na busca da área, de tamanho equivalente a 465 campos de futebol, para a expansão

Não é fácil encontrar uma área assim. Para ter uma ideia, a que veio para nós, no Ciatec, para permitir nosso credenciamento do Sistema de Parques Tecnológicos do Estado, tem 300 mil metros quadrados”, afirmou.

Ao portal, a BYD informou que ainda não pode divulgar nenhum detalhe sobre esse projeto. A empresa , contudo, já conseguiu da Cetesb (Companhia de Saneamento Ambiental do Estado) a licença ambiental de operação para produzir os caminhões elétricos. A intenção é atender o contrato formalizado em 2018 para a entrega de 200 compactadores de lixo 100% elétricos à Corpus Saneamento e Obras Ltda, que atua na coleta, transporte e destinação de resíduos em seis cidades paulistas e em Vitória, no Espírito Santo.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/08/20/primeiros-caminhoes-eletricos-da-byd-chegam-ao-brasil/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. antonio carlos disse:

    é muita visão da BYD em investir no Brasil, porque não parece que o empresariado e o governo esta interessado em investir em veiculos com energia limpa.

  2. Paulo Gil disse:

    Amigos, boa noite.

    Nesta estrada não há retorno; buzão verde de qualquer jeito.

    BYD; traga aquela vanzinha elétrica que está sendo testada nos correios; mas a versão de passageiros ;
    vai vender igual água (desde que tenha preço né)

    Força BYD!

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta