Rodoviários de Salvador aceitam acordo e cancelam greve de ônibus

Ônibus circulam normalmente. Foto: Divulgação / Mateus Pereira/Gov-BA.

Paralisação estava prevista para ocorrer a partir desta quinta-feira

JESSICA MARQUES

O Sindicato dos Rodoviários de Salvador decidiu por acatar a proposta oferecida pelos empresários nesta terça-feira, 14 de maio de 2019 e cancelaram a greve de ônibus. A paralisação estava prevista para ocorrer a partir desta quinta-feira, 16.

A reunião foi realizada nesta tarde no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) para conciliação entre as partes, conforme já noticiado pelo Diário do Transporte.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/05/14/reuniao-entre-empresarios-e-trabalhadores-pode-evitar-greve-de-onibus-em-salvador-nesta-quinta-16/

Ao portal A Tarde, o o diretor do sindicato dos trabalhadores, Tiago Ferreira, informou que o aumento acordado representa um reajuste de 5,1% no salário dos funcionários. Também foi definido um aumento de 9,5% no ticket refeição. Com isso, o valor que antes era de R$ 18,26, passa a ser de R$ 20.

Também ficou definido que as empresas deverão priorizar a contratação de profissionais formados pelo sindicato. Por fim, deverá ser implantado um “ônibus social”, que funcionaria como um sindicato móvel, com advogados e serviços médicos.

Inicialmente, a categoria exigia que o reajuste salarial fosse de 8% e que o valor do ticket aumentasse em 15%. No entanto, ao portal A Tarde, a classe considerou a nova proposta como satisfatória.

Como noticiou o Diário do Transporte, os rodoviários haviam decidido entrar em greve em Salvador, na Bahia, após reunião realizada na última sexta-feira, 10 de maio de 2019, entre o sindicato dos trabalhadores e a Associação das Concessionárias do Serviço de Transporte Público de Passageiros por Ônibus Urbanos de Salvador.

Relembre: Sem acordo com empresários, rodoviários definem greve em Salvador

Com a proposta aceita, não há mais sinalização de greve ou manifestações por parte do sindicato dos rodoviários.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta