Obras do Viaduto Tereza Delta, em São Bernardo, entram na etapa final

Publicado em: 11 de maio de 2019

Prefeito Orlando Morando vistoriou o local neste sábado Foto: prefeitura de São Bernardo do Campo

Trecho integra futuro corredor de ônibus Leste-Oeste

ALEXANDRE PELEGI

O Viaduto Tereza Delta, na altura do km 20,7 da rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, entraram na fase de concretagem, etapa final para a conclusão.

O prefeito Orlando Morando vistoriou o local neste sábado, 11 de maio de 2019.

O viaduto faz parte do Corredor Leste-Oeste, obra que tem como objetivo ligar a Praça dos Bombeiros, na região do Bairro Ferrazópolis, às proximidades da Rodovia dos Imigrantes, na divisa com Diadema. A nova ponte terá a extensão de 800 metros e irá conectar o Centro à Avenida José Odorizzi.

Acompanhando o prefeito de São Bernardo na vistoria, estavam o secretário de Transporte e Vias Públicas, Delson José Amador, além do engenheiro responsável pela construção do Viaduto, Fabio Santos.

Essa é a maior obra em execução que temos em nossa cidade. Temos em torno de 60 funcionários trabalhando no local e até o mês de dezembro deste ano iremos entregar este viaduto à população. Além de melhorar o trânsito da região, estamos comprovando que temos respeito com os moradores desta cidade e também com o dinheiro público”, disse Morando.

Reiniciado no segundo semestre de 2017, a duplicação do Viaduto Tereza Delta está dividida em três etapas, com conclusão prevista para o fim de 2019.

A construção do novo viaduto, das alças de acesso e mais a proteção do oleoduto da Petrobras estão estimadas em R$ 127 milhões. As obras são financiadas com recursos da Caixa Econômica Federal (CEF) e da Corporação Andina de Fomento (CAF).

CORREDOR LESTE-OESTE

O Corredor Leste-Oeste terá 13,6 quilômetros de extensão desde o km 22 da Rodovia dos Imigrantes, perto do limite com Diadema, até a Praça dos Bombeiros, passando pela estrada Samuel Aizemberg, avenida José Odorizzi, viaduto Tereza Delta, avenidas Francisco Prestes Maia e Tiradentes.

As obras fazem parte de um pacote anunciado em 2012, pelo ex-prefeito Luiz Marinho, com previsão para 2014. Em 2017, a prefeitura de São Bernardo abriu licitação para a retomada das obras.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Marcos disse:

    O viaduto que cruza a castelo ….1 semana depois de inaugurado..apareceu rachaduras e buracos na pista…kk

Deixe uma resposta