Governo anuncia início das obras da estação Varginha da Linha 9-Esmeralda da CPTM

O começo das obras de construção da Estação Varginha e do terminal de ônibus municipal, integrado ao empreendimento, foi anunciada em maio de 2019. Foto: Divulgação

Comitiva reunindo vice-governador Rodrigo Garcia, prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e Secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Alexandre Baldy, realizou visita técnica na manhã deste sábado, 11 de maio, e anunciou também terminal de ônibus municipal integrado à obra

ALEXANDRE PELEGI

O começo das obras de construção da Estação Varginha e do terminal de ônibus municipal, integrado ao empreendimento, foi anunciada na manhã deste sábado, 11 de maio de 2019, por uma comitiva de autoridades do Estado e da prefeitura.

O vice-governador Rodrigo Garcia, atualmente em exercício no cargo máximo do Estado, esteve no local acompanhado do Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e do Secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Alexandre Baldy.

Segundo informações da pasta, os serviços serão iniciados nos próximos dias, com investimento total de R$ 945 milhões, sendo R$ 500 milhões da União e R$ 445 milhões do Governo do Estado de São Paulo.

Rodrigo Garcia lembrou da retomada da obra da estação Mendes-Vila Natal no início deste ano, juntando agora ao anúncio das obras da estação Varginha. “A partir desses dois contratos, nós temos já uma previsão concreta de entrega da estação Mendes-Vila Natal em novembro de 2020 e da estação Varginha em novembro de 2021. Hoje também tivemos uma decisão do governador João Doria e do prefeito Bruno Covas de usar os recursos remanescentes dessas licitações para construir um novo terminal de ônibus ao lado da estação Varginha, estimado em R$ 60 milhões”, concluiu o Governador em exercício, Rodrigo Garcia.

Com previsão de término das obras em 2021, a estação faz parte da expansão da Linha 9-Esmeralda, da CPTM, que interliga Osasco até o extremo sul de São Paulo. Além das estações Mendes-Vila Natal e Varginha, serão construídos quatro viadutos rodoviários, uma passarela sobre a ferrovia e cinco passagens subterrâneas, sendo duas exclusivamente para pedestres.

Comunicado da STM afirma que serão beneficiados “os moradores da Estrada dos Mendes e dos bairrosVarginha, Vila Natal, Jardim Icaraí, Jardim São Bernardo e Conjunto Residencial Palmares. Com a abertura das novas estações, a estimativa é de que mais 110 mil passageiros passem a utilizar a Linha 9-Esmeralda diariamente”.

Já o terminal de ônibus municipal também será construído pela CPTM, com uma passarela de interligação com a Estação Varginha. Serão 10.000 m², com 500 metros de plataformas para embarque e desembarque, além de itens de acessibilidade e escadas rolantes. A demanda é estimada em 30 mil passageiros por dia.

Em obras desde o fim do ano passado, a Estação Mendes-Vila Natal contará com uma de área de 4.500 m² e bicicletário com 50 vagas. A Estação Varginha terá 5.000m², bicicletário com capacidade para 750 vagas e integração com o novo terminal de ônibus.

EXPANSÃO DA LINHA 9

A CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos oficializou no dia 04 de maio de 2019, o Consórcio LBR- Control TEC, formado pelas empresas LBR Engenharia e Consultoria Ltda e Control TEC Gerenciamento de Obras Ltda, como vencedor da concorrência para o gerenciamento e apoio técnico das obras e investimentos para a extensão da linha 9-Esmeralda para Varginha, na zona Sul da Capital Paulista.

A concorrência se arrastava desde agosto do ano passado e foi alvo de contestações judiciais e recursos administrativos dos concorrentes.

O consórcio declarado como vencedor foi classificado inicialmente em primeiro lugar ao longo da concorrência, mas depois de a CPTM mudar a metodologia de avaliação, colocou-o em segundo lugar. O Consórcio LBR- Control TEC então recorreu à Justiça contra a medida da CPTM. A juíza Fernanda Henriques Gonçalves Zoboli, da 16ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, atendeu a ação do consórcio e restabeleceu a primeira versão da classificação das propostas técnica.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/03/30/por-ordem-da-justica-cptm-muda-classificacao-de-empresas-que-vao-gerenciar-extensao-da-linha-9-esmeralda/

A licitação não envolve as obras em si, mas este acompanhamento e apoio técnico é uma das obrigações para que a extensão ao sul da Linha 9, com as estações Mendes-Vila Natal e Varginha, seja concluída de fato.

Em relação as obras físicas, são dois contratos, que foram assinados recentemente, já que o prolongamento foi dividido em duas etapas.

O primeiro trecho é entre a atual estação Terminal Grajaú e a estação Mendes. O segundo lote é entre a estação Mendes e o futuro Terminal Varginha.

Ao todo, a extensão terá 4,5 km e deve aumentar a demanda da linha em 111 mil passageiros por dia. As obras contam com financiamento de cerca de R$ 500 milhões pelo antigo PAC – Programa de Aceleração do Crescimento.

Pela estimativa da CPTM, o trecho 1, entre o atual Terminal Grajaú e a Estação Mendes deve ser entregue no segundo semestre de 2020.

Já o trecho 2, entre a Estação Mendes e a o futuro terminal Varginha, é previsto para o segundo semestre de 2021.

Para a linha 9, a CPTM também prevê concluir implantação de um sistema novo de sinalização (ATO) no trecho Osasco e Grajaú, que permite a regulação automática dos intervalos e minimiza a atuação dos maquinistas no controle dos trens. A CPTM ainda tem planos para modernização e implantação de subestações retificadoras e cabines seccionadoras.

A linha 9-Esmeralda, juntamente com a linha 8, deve ser a primeira concessão da CPTM à iniciativa privada.

O Governo do Estado prevê a publicação do edital de licitação da PPP – Parceria Público Privada ainda neste ano:

https://diariodotransporte.com.br/2019/03/29/governo-do-estado-preve-publicar-edital-de-ppp-das-linhas-8-e-9-da-cptm-em-setembro-deste-ano/

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. WILLIAM DE JESUS SANTOS disse:

    Aí está mais um erro! O terminal tem que feito em conjunto entre SPTrans e CPTM e não só pela CPTM. Ela vai fazer o terminal do jeito que quiser, igual fizeram com o terminal Grajau!

  2. Leonel disse:

    Na verdade esse novo terminal na futura estação Varginha já era previsto desde o princípio. Falam como se estivessem fazendo um favor, como se fosse um bônus. Mas é óbvio que uma estação final de um trem ou metrô deve ter uma estrutura capaz de distribuir o fluxo de pessoas para ônibus seguindo para os bairros….

Deixe uma resposta