Prefeitura de Curitiba entrega 40 novos ônibus

Mais 40 veículos foram incorporados pela Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) ao programa de renovação da frota do coletivo da cidade. Curitiba, 09/05/2019. Foto: Luiz Costa/SMCS

Veículos foram apresentados nesta quinta-feira

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Curitiba, no Paraná, entregou 40 novos ônibus nesta quinta-feira, 09 de maio de 2019. Os veículos já foram incorporados à frota do transporte coletivo da cidade pela Urbs (Urbanização de Curitiba S/A).

Em junho, segundo a Prefeitura, será feita mais uma entrega para a renovação da frota. A compra de novos veículos para o transporte coletivo da cidade foi noticiada pelo Diário do Transporte.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2019/03/29/caio-registra-presenca-considerada-historica-no-mercado-de-curitiba/

Leia também: https://diariodotransporte.com.br/2019/03/29/mercedes-benz-vai-atingir-60-de-participacao-em-curitiba-com-160-onibus-circulando-ate-abril/

Os 40 novos ônibus entregues nesta quinta-feira são oito biarticulados e 32 articulados, que substituirão veículos do mesmo modelo com mais de dez anos de uso. A Prefeitura informou que essa frota atenderá as linhas Inter 2, Interbairros 2, 3 e 4, Cabral/Portal, Boqueirão (biarticulados), Trabalhador, Circular Sul e Alto Boqueirão.

“Todos os novos ônibus têm câmeras de segurança – nove nos biarticulados e seis ou sete nos articulados. A iluminação interna com tecnologia LED deixa os veículos mais claros. Outra característica comum é o motor Euro 5, menos poluente do mercado”, informou a Prefeitura, em nota.

“Entre os itens de acessibilidade, cada veículo conta com dois espaços reservados para cadeirantes, sinal sonoro e visual de fechamento das portas, placas com o prefixo do ônibus em braile, mensagem de voz na solicitação de parada do cadeirante e 20% de bancos destinados à pessoas com deficiência, idosos ou grávidas”, listou também a administração municipal.

Conheça os detalhes dos 40 novos ônibus, segundo a Prefeitura:

8 veículos Biarticulados, categoria Expresso (cor vermelha), chassi Volvo B340M, carroceria Caio;

Capacidade de passageiros: 250

Câmeras: 8 internas + 1 de apoio ao condutor

 

11 veículos Articulados, categoria Expresso (cor vermelha), chassi Volvo B340M, carroceria Caio;

Capacidade de passageiros: 180

Câmeras: 7 internas + 1 de apoio ao condutor

 

9 veículos Articulados, categoria Linha Direta/”ligeirinho” (cor cinza), chassi M. Benz 0 500MA, carroceria Marcopolo;
Capacidade de passageiros: 150

Câmeras: 6 internas + 1 de apoio ao condutor

 

2 veículos Articulados, categoria Linha Direta/”ligeirinho” (cor cinza), chassi M. Benz 0 500MA, carroceria Caio;
Capacidade de passageiros: 150

Câmeras: 6 internas + 1 de apoio ao condutor

 

7 veículos Articulados, categoria Interbairros (cor verde), chassi Volvo B340M, carroceria Caio;
Capacidade de passageiros: 145

Câmeras: 6 internas + 2 de apoio ao condutor

 

2 veículos Articulados, categoria Intercambiável (cor laranja), chassi Volvo B340M, carroceria Caio;
Capacidade de passageiros: 145

Câmeras: 6 internas + 2 de apoio ao condutor

 

1 veículo Articulado, categoria Intercambiável (cor laranja); chassi M. Benz 0 500MA, carroceria Marcopolo.
Capacidade de passageiros: 145
Câmeras: 6 internas + 2 de apoio ao condutor

00259073

Em junho, segundo a Prefeitura, será feita mais uma entrega para a renovação da frota. Foto: Divulgação.

SUBSÍDIOS

Também nesta quinta-feira, o prefeito Rafael Greca, ao lado do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, assinou um termo de suplementação orçamentária para subsídio do transporte coletivo.

Pelo termo, o governo repassará R$ 40 milhões, parcelados durante o ano, ao Fundo de Urbanização de Curitiba. A Prefeitura de Curitiba repassará R$ 50 milhões.

“Essa parceria fortalece a integração metropolitana do transporte e ajuda a manter a tarifa do passageiro no atual patamar de R$ 4,50, pois os custos do sistema são maiores do que a arrecadação e o subsídio é importante para esse equilíbrio”, disse Greca.

NOVAS LINHAS

Na próxima semana, a Prefeitura e Governo do Estado vão assinar um convênio que prevê a criação de duas novas as linhas de ônibus: a Tupi/Vila Juliana, entre o bairro Caximba (Curitiba) e o município de Araucária, e a Pinhais/Centenário. A informação foi divulgada nesta quinta pela administração municipal.

A primeira linha será administrada pela Urbs, que vai selecionar quatro ônibus articulados para a operação. A outra será administrada pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba.

“Estamos tratando a Urbs e a Comec de forma técnica e nada mais justo do que o Governo do Estado ajudar a melhorar o transporte coletivo que movimenta nossos trabalhadores e a economia”, disse Ratinho Junior.

O convênio que será assinado também prevê estudos com a Superintendência Municipal de Trânsito de mais 11 faixas exclusivas para ônibus metropolitanos, segundo a Preeitura.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Deixe uma resposta