Prefeitura de Diadema lança cartão de ônibus para idosos acima de 65 anos

Publicado em: 1 de maio de 2019

Com Cartão SOU + Sênior, passageiros vão poder embarcar pela porta da frente e passar pela catraca

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Diadema, no ABC Paulista, lançou nesta terça-feira, 30 de abril de 2019, um cartão de ônibus para idosos acima de 65 anos embarcarem pela porta da frente e passarem pela catraca. O Cartão SOU + Sênior funciona em sistema com biometria facial, com o objetivo de coibir fraudes.

De acordo com a administração municipal, “o idoso não precisa mais apresentar o RG” para embarcar gratuitamente. Agora, o passageiro deve passar o Cartão SOU + pela catraca para validar a gratuidade.

“Ele entra no ônibus, valida seu cartão na catraca, passa e escolhe onde sentar, não necessitando ficar apenas na parte da frente do ônibus”, informou a Prefeitura, em nota.

O uso do transporte coletivo de forma gratuita para idosos de 65 anos ou mais é um direito constitucional. A Prefeitura não informou restrições para os passageiros que ainda não emitiram o Cartão SOU + Sênior.

CADASTRO

Para fazer o cadastramento, segundo a Prefeitura, é necessário apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

Além da Loja SOU, no Centro de Diadema (Avenida Presidente Kennedy, 287), os moradores terão mais três locais para fazer o cartão – um estande no Shopping Praça da Moça, guaritas de atendimento nos terminais de ônibus Diadema e Piraporinha e uma van itinerante vai percorrer todos os bairros da cidade.

DESCONTOS

A Prefeitura informou ainda que com o Cartão SOU + categoria Sênior os idosos terão desconto de 10% a 30% em medicamentos em qualquer unidade da Drogaria SP.

BIOMETRIA FACIAL

O uso do Cartão SOU + categoria Sênior tem como objetivo coibir fraudes na gratuidade para idosos no transporte coletivo.

Assim que o usuário aproxima o cartão do validador, tem o rosto fotografado. As imagens captadas são comparadas automaticamente com as já cadastradas.

“Analisando aproximadamente 500 pontos do rosto, o sistema identifica se você é o titular do cartão. O sistema é muito preciso, mas, em caso de dúvida, uma verificação será feita pelos profissionais que operam o sistema. Caso haja irregularidade, o cartão será bloqueado e será aberto processo administrativo”, informou a Prefeitura, em nota.

CONFUSÃO EM SANTO ANDRÉ

Diadema é a segunda cidade do ABC Paulista a criar um cartão para o embarque de idosos desta faixa etária.

Em Santo André, também no ABC Paulista, o Cartão Prioridade foi criado no dia 5 de março, para permitir que pessoas com 65 anos ou mais possam embarcar pela porta dianteira do ônibus, passando gratuitamente pelo validador da catraca.

Os idosos, porém, enfrentaram dificuldade para entrar nos ônibus municipais de Santo André após a implantação do Cartão Prioridade. Isso porque o embarque pela porta traseira foi proibido e a validação do cartão ocorria apenas mediante identificação por meio de biometria digital.

Além de encostar o cartão no validador, é preciso colocar o dedo indicador no leitor biométrico, para liberar a passagem, mas muitos passageiros não conseguem a liberação pela identificação da impressão digital.

Antes do bilhete eletrônico, as pessoas dessa faixa etária podiam embarcar gratuitamente apenas pela porta traseira, mediante apresentação do RG. Apesar de ser apenas uma opção de embarque, alguns motoristas já impediram idosos de embarcar pela porta traseira inadvertidamente, mesmo sendo um direito constitucional.

Relembre: Idosos de Santo André têm dificuldades para entrar nos ônibus após Cartão Prioridade

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. Adalberto Ferreira disse:

    Para mim é muito melhor do que está apresentando a RG para o motorista que muitas vezes eles não param os ônibus

  2. Jandira Maria Da Penha disse:

    Onde tirar o bilhete para idoso com 62 anos?

  3. Iraci Nunes Silva salzano disse:

    E se der defeito, tenho que pagar a passagem?

  4. ADALBERTO FERREIRA disse:

    Eu não moro em SANTO ANDRE, como faço para obter o cartão sendo que só tenho 64 anos. Essa assinatura é paga ou não?

Deixe uma resposta