Novo Horizonte assume emergencialmente linhas urbanas em Vitória da Conquista

Publicado em: 15 de abril de 2019

Rodoviários operam linhas urbanas. Foto: Blog do Anderson -https://www.blogdoanderson.com/ – Clique para Ampliar

Contrato de R$ 810 mil é para manter atendimento após saída da Viação Cidade Verde dos serviços

ADAMO BAZANI

A empresa de ônibus rodoviários Viação Novo Horizonte assumiu nesta segunda-feira, 15 de abril de 2019, cinco linhas urbanas de Vitória da Conquista, na Bahia.

As operações vão ser emergenciais por causa do abandono das linhas pela Viação Cidade Verde, segundo a prefeitura.

Em edição extraordinária do diário oficial de domingo, 14, o prefeito Herzem Gusmão oficializou a contratação no valor de R$ 810 mil.

A contratação é por 30 dias, mas por ser emergencial, pode ser prorrogada para até 180 dias.

A Novo Horizonte vai operar com nove ônibus, sendo sete convencionais e dois micros.

O quilômetro rodado dos ônibus comuns foi calculado em R$ 3,76 e dos micro-ônibus em R$ 3,30, como mostra a publicação oficial:

“Contrato com valor total de R$ 810.000,00 (oitocentos e dez mil reais), sendo a locação de 07 (sete) ônibus com valor fixo de R$ 32.000,00 (trinta e dois mil reais) cada totalizando R$ 224.000,00 (duzentos e vinte e quatro mil reais),com  somatório  do  valor  de  R$  3,76  (três  reais  e  setenta  e  seis  centavos),  para  o quilômetro  rodado,  totalizando  R$  733.010,00  (setecentos  e  trinta  e  três  mil  e  dez reais),  e  02  (dois)  micro-ônibus  com  valor  fixo  de  R$  29.454,65  (vinte  e  nove  mil, quatrocentos  e  cinquenta  e  quatro  e  sessenta  e  cinco  centavos),  totalizando  R$58.909,30  (cinquenta  e  oito  mil,  novecentos  e  nove  reais  e  trinta  centavos),  com somatório  de  R$  3,30  (três  reais  e  trinta  centavos),  para  o  quilômetro  rodado, totalizando  R$  76.990,00  (setenta  e  seis  mil  novecentos  e  noventa  reais),  com vigência  de  30  (trinta)  dias  a  partir  da  assinatura  do  contrato.  Por  fim  cabe ressaltar, ainda com lastro no artigo 24, IV da Lei Geral de Licitações que a presente contratação  dar-se-á  no  período  máximo  e  improrrogável  de  180  (cento  e  oitenta)dias.”

As linhas atendidas são:

R03 – Pradoso /Centro

R04 – Santa Marta/ Centro

R06- Senhorinha Cairo/ Centro,

R17 – Lagoa das Flores/Centro

D42 – Lagoa das Flores /UESB

O transporte em Vitória da Conquista tem enfrentado uma crise desde o ano passado.

A Viação Vitória deixou de operar um dos lotes do sistema municipal em agosto. Os serviços foram assumidos pela Viação Cidade Verde.

Em outubro, a Justiça decretou a falência da Viação Vitória que alegava problemas financeiros relacionados à remuneração por parte da prefeitura.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/10/26/justica-decreta-falencia-da-viacao-vitoria-na-bahia/

NOTA DA NOVO HORIZONTE

A Viação Novo Horizonte enviou uma nota para o Diário do Transporte, distribuída para a imprensa em função da situação. Leia na íntegra:

Há mais de 50 anos, a população conquistense pode contar com a Viação Novo Horizonte para viajar, com conforto e segurança, em linhas de transporte rodoviário de passageiros intermunicipais e interestaduais. 

A partir dessa segunda-feira (15), Vitória da Conquista também pode contar com a empresa para o atendimento emergencial destinado à população desassistida de Senhorinha Cairo, Lagoa das Flores, Santa Marta e Pradoso. 

Foi um grande desafio contemplar o pedido do município de Vitória da Conquista em tão pouco tempo, mas a Novo Horizonte aceitou a missão para retribuir a confiança da população conquistense e por ter certeza de que as dificuldades que afetam o sistema de transporte urbano são meramente transitórias, razão pela qual, muito em breve, a situação estará plenamente normalizada entre a Prefeitura e a Cidade Verde Transporte Rodoviário. 

Hoje e sempre, de onde você parte, aonde você chega, sempre um novo horizonte.

Atenciosamente,

Viação Novo Horizonte Ltda.

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Gilvan disse:

    Nossa, acho que vou montar minha empresa de transportes para gerir essa cidade. Falta processar a cidade verde por abandono,se no caso ela se comprometeu.

  2. Aghew disse:

    Ficou muito caro estes valores ao município. Será que tem necessidade de onibus rodoviários nesse contrato???

  3. Elis disse:

    Hoje cedo, fiquei no ponto da Regis Pacheco aguardando o ônibus e ele não parou, somente sinalizou que não poderia parar e teríamos que ir para o final pegar o ônibus.
    Se ele está fazendo a rota do Cidade Verde, porque NÃO pode parar no ponto da Régis Pacheco…UM ABSURDO.

  4. Carol disse:

    Quais o horários dess3s ônibus?

Deixe uma resposta para Aghew Cancelar resposta