Conselho Municipal de Transporte defende reajuste de R$ 0,30 em tarifa de ônibus de Belém (PA)

Publicado em: 12 de abril de 2019

Valor da passagem atualmente está em R$ 3,30 e empresas querem que chegue a R$ 3,95. Foto: Divulgação.

Grupo considera a queda no número de passageiros e a inflação dos últimos meses para considerar aumento; Ministério Público solicita explicações

JESSICA MARQUES

O Conselho Municipal de Transporte defende um reajuste de R$ 0,30 na tarifa de ônibus de Belém, no Pará. O valor da passagem atualmente está em R$ 3,30 e as empresas querem que chegue a R$ 3,95.

O órgão indicou nesta semana que o valor de R$ 3,60 seria o mais adequado para a nova tarifa de passagem de ônibus em Belém. O grupo considera a queda no número de passageiros e a inflação dos últimos meses para considerar um reajuste.

A conclusão do grupo, composto por 18 integrantes, ocorreu após análise de dados apresentados por diversos órgãos relacionados ao transporte da cidade.

Para análise do conselho, o o Setransbel (Sindicato das Empresas de Transporte de ônibus) enviou planilhas justificando que o valor da passagem deveria ser de R$ 3,95. Por sua fez, a Semob (Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém) sugeriu um reajuste para R$ 3,65.

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) do Pará também realizou estudos que apontam para um reajuste na tarifa. O valor sugerido pelo órgão, porém é de R$ 3,50.

Nesta quinta-feira, 11 de abril de 2019, o Ministério Público do Pará pediu explicações sobre os dados que justificam o reajuste.

O pedido foi feito pela 1ª promotora de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Moralidade Administrativa em exercício, Eliane Cristina Pinto Moreira.

Em nota, a Prefeitura de Belém informou que recebeu o pedido de esclarecimentos e responderá no prazo estabelecido, de 24 horas.

O último reajuste na passagem de ônibus de Belém foi feito em fevereiro de 2018, quando a o valor subiu de R$ 3,10 para R$ 3,30.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Gabriel Souza disse:

    Como me informo sobre a formação do conselho municipal de transporte??

Deixe uma resposta