Transurc abre novos pontos de venda de QR Code e recarga de Bilhete Único em Campinas

Publicado em: 18 de março de 2019

No sistema, dinheiro não está sendo mais aceito desde 19 de janeiro de 2019. Foto: Divulgação / Transurc.

Serviços estão funcionando nos terminais Vila União e Vida Nova

JESSICA MARQUES

A Transurc (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas) informou nesta segunda-feira, 18 de março de 2019, que abriu dois pontos de venda de QR Code e recarga de Bilhete Único na região Sudoeste de Campinas, interior de São Paulo.

Os dois novos pontos já estão funcionando nos terminais Vila União e Vida Nova, segundo informações da associação. Nos locais, os funcionários da Transurc atendem os passageiros de ônibus nas cabines localizadas na entrada dos dois terminais.

Nestas cabines, segundo a Transurc, é possível fazer recarga do bilhete, comprar QR Code e ainda fazer a 1ª via do Bilhete Único Comum.

Confira os detalhes de funcionamento, conforme divulgado pela Transurc:

O ponto de venda da Transurc no Terminal Vida Nova funciona, diariamente, das 5h às 23h.

No Terminal da Vila União, o funcionamento é das 5h às 8h e das 18h às 23h, de segunda a sexta-feira, pois há um credenciado próximo para atender os usuários durante a semana, das 8h às 18h. Já aos sábados e domingos, o atendimento é das 5h às 23h.

O Terminal Vila União funciona na rua Dusolina Leone Tornieux, 101, na Vila União.

O Terminal Vida Nova funciona na rua José Ferreira de Brito, 600, no Conjunto Mauro Marcondes.

A Transurc informou que possui uma rede credenciada com mais de 300 representantes autorizados a vender ou recarregar o Cartão Bilhete Único Comum e o QR Code na cidade. Destes, 20 também fazem o cadastro do Bilhete Único Comum, além de todos os terminais e da sede da Transurc, onde a população pode solicitar a 1ª via do cartão.

SEM DINHEIRO

As empresas de ônibus de Campinas, no interior de São Paulo, informaram que 99,03% dos usuários fazem deslocamentos com Bilhete Único. No sistema, dinheiro não está sendo mais aceito desde 19 de janeiro de 2019.

A medida foi tomada pela Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) e divulgada desde dezembro de 2018.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2018/12/27/onibus-de-campinas-nao-aceitarao-mais-pagamento-da-tarifa-em-dinheiro-a-partir-de-19-de-janeiro/

Uma semana após o fim do pagamento das passagens em dinheiro, as empresas divulgaram o levantamento. A justificativa para a mudança foi aumentar a segurança e embarques mais rápidos nos ônibus urbanos.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta