Linha 10-Turquesa da CPTM ainda fechada e trólebus no Corredor ABD com atrasos

Publicado em: 11 de março de 2019

Pela manhã, Expresso Tiradentes não circulou. Foto: Reprodução TV Globo

ATUALIZAÇÃO às 19h05

 

Atenção – Linha 10 Turquesa voltou a operar, mas com velocidade reduzida

VEJA NO LINK

https://diariodotransporte.com.br/2019/03/11/linha-10-turquesa-volta-a-operar-mas-com-velocidade-reduzida/

 

Não há previsão para que estes sistemas de transportes sejam normalizados

ADAMO BAZANI

Mesmo com a chuva mais forte dando uma trégua no ABC Paulista e Capital no início da manhã desta segunda-feira, 11 de março de 2019, passageiros de transportes púbicos e quem está de carro ainda enfrentam muitas dificuldades nesta tarde.

Na Rua Afonsina, na região de Rudge Ramos, em São Bernardo do Campo, ainda há pontos de alagamentos e os bombeiros trabalham no resgate de pessoas ilhadas.

De acordo com balanço parcial da corporação, onze pessoas morreram no ABC e Capital, sendo quatro em um desabamento de casa em Ribeirão Pires.

A linha 10-Turquesa da CPTM, entre Brás e Rio Grande da Serra, ainda está paralisada em toda a extensão, sem previsão de retomada da circulação dos trens.

Equipamentos foram danificados. A companhia acionou a Operação PAESE com 100 ônibus, mas os coletivos não conseguiam chegar até as estações.

Os ônibus e trólebus do Corredor Metropolitano ABD têm todas as linhas em operação, mas de acordo com a concessionária Metra, há atrasos e maiores intervalos.

Os ônibus de São Paulo ainda estão com problemas. Além de alagamentos nos trajetos, algumas garagens foram invadidas pela água, como a Imperial Transportes, no bairro do Cambuci. Boa parte da frota desta empresa está sem operar ainda.

Na Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo, a água invadiu parte da planta, tomando estacionamentos e galpões.

O rodízio municipal de veículos na cidade de São Paulo, assim como a Zina Azul e a restrição a ônibus fretados, foram suspensos nesta segunda-feira, 11 de março de 2019.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Ás 10;20hs eu na estação avisava à todos que não teria PAESE, e que as estações estavam alagadas, que demoraria para baixar…Na porta da estação Santo André observei não só lixo na calçada mas também brotando água de córrego na calçada da estação. Tentei ainda ajudar a retirar lixos ainda no local, com ajuda de uma agente ambiental. Cabe ao andreense sério cobrar doo prefeito uma reunião com governador e diretor do DAEE sobre o rio que ha décadas anda assoreado….PS..o rapaz que largou carro na altura da Rhodia, e se afogou, a esta altura se encontra já em SP, pela forte correnteza, de acordo uma senhora ter visto corpo boiando no Tamanduateí, Sua Irmã apareceu chorando em um telejornal. COBRE O PREFEITO PAULO SERRA por esta reunião..por favor, Me ajudem ,,

Deixe uma resposta