Bilhete Único na modalidade Vale-Transporte muda nesta sexta-feira, 01º de março

Publicado em: 28 de fevereiro de 2019

Ônibus em São Paulo. Medidas vão afetar quem mora mais distante e necessita de mais conduções para completar a viagem. Foto: Adamo Bazani (Diário do Transporte)/Clique para Ampliar

Número de embarques possíveis cai de quatro para dois e tempo será de até três horas entre dois ônibus ou em viagens que começam na rede de trilhos

ADAMO BAZANI

A partir desta sexta-feira, 01º de março de 2019, quem utiliza a modalidade Vale-Transporte do Bilhete Único nos ônibus de São Paulo (que também é aceito no Metrô e na CPTM, na região Metropolitana) deve estar atento.

Como informou o Diário do Transporte em primeira mão, no início da manhã do último sábado, 23 de fevereiro, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, publicou o decreto 58.639 que modifica regras do Bilhete Único.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2019/02/23/bruno-covas-atualiza-regras-do-bilhete-unico-na-cidade-de-sao-paulo/

As mudanças ocorrem em até 90 dias, mas no caso do Vale-Transporte já passam a vigorar a partir desta sexta, 01º de março.

ATENÇÃO PARA AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES:

– Só será possível fazer dois embarques no período de três horas com o Vale-Transporte: Até esta quinta-feira, era possível fazer quatro embarques em duas horas.

Com as mudanças serão apenas dois embarques independentemente de modal de transporte, ou seja, são dois embarques em ônibus ou, então, um embarque em ônibus e outro na CPTM ou no Metrô.

Tem mais um detalhe.

De acordo com a SPTrans, a possibilidade de troca de transporte em três horas é se o primeiro embarque começar com o trem ou metrô e depois prosseguir com o ônibus.

Se a viagem começa com o ônibus o embarque no trem ou metrô deve ser feito em até duas horas.

Nos dois casos, o limite é de dois embarques somente.

Estas mudanças se referem apenas ao Vale-Transporte, repassado pelos empregadores aos funcionários. Outras modalidades do Bilhete Único, como o Comum e o Escolar não mudam nesta sexta-feira.

O prefeito Bruno Covas declarou nesta semana que a mudança vai fazer com que a gestão economize R$ 419 milhões por ano (com os valores atuais da tarifa) no subsídio ao Vale-Transporte.

A alegação é de que o VT é de responsabilidade das empresas empregadoras.

A medida recebeu críticas de comerciantes e empresas que disseram que o custo para manter o direito do trabalhador vai aumentar e que consideram dispensar ou, pelo menos não contratar mais, pessoas que moram distante do trabalho e que necessitam de mais de duas conduções por sentido de viagem.

Outra preocupação é de que quando a licitação dos transportes da cidade for concluída, a prefeitura pretende modificar gradativamente o sistema cortando sobreposições de linhas e criando três subsistemas de serviços.

Em vários casos, os passageiros que hoje fazem dois embarques terão de realizar três ou mais, podendo ser afetados pela regra que entra em vigor nesta sexta-feira, 01º de março de 2019.

VALE-TRANSPORTE É MAIS CARO QUE TARIFA COMUM:

Já é a segunda grande mudança na política do Vale-Transporte na cidade de São Paulo durante a gestão Bruno Covas.

Pela primeira vez na história do Bilhete Único da cidade, o VT é mais caro que a tarifa comum.

Desde 20 de fevereiro de 2019, o empregador paga R$ 4,57 pelo Vale-Transporte sem integração e R$ 7,95 para viagens integradas ao Metrô/CPTM. Já a tarifa básica de todo sistema é de R$ 4,30 para viagens sem integração e R$ 7,48 para viagens integradas com a rede de trilhos.

A atitude de Bruno Covas provocou uma corrida por parte de empregadores à Justiça. Em diversas ações, categorias empresariais conseguiram anular os efeitos da medida do prefeito.

Relembre:
https://diariodotransporte.com.br/2019/02/01/mais-uma-decisao-judicial-derruba-vale-transporte-a-r-457-na-cidade-de-sao-paulo/

Na ocasião, a prefeitura também afirmou que o aumento do Vale-Transporte a um nível maior que da tarifa comum é para reduzir os subsídios.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. João Luís Garcia disse:

    O grande problema do Transporte Público foi a criação do BU
    Quando o fizeram, fizeram sem critérios e hoje o setor amarga a queda de receita e a concorrência sem critérios que regulamente o setor
    A concessão do VT é uma obrigação do empregador

  2. JOAO LUIS GARCIA disse:

    Não é correto se bancar a gratuidade para 60/64 anos quando uma Leí Federal afirma que esse benefício deve ser concedido aos maiores de 65 anos, além do mais a idade média atual do Brasileiro é de 74 anos e a expectativa de vida hoje já ultrapassa os 80 anos de idade.
    Se mais gente pagasse a tarifa, menor seria a mesma para todos.
    Como sempre digo, os políticos deveriam parar com a demagogia e com a criações de emendas, projetos meramente populistas.

  3. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    SOU A FAVOR DA EXTINÇÃO DO BILHETE ÚNICO PAULISTANO JA! MELHOR SER DESCONTADO O VALOR DE UMA VIAGEM/PASSAGEM DE ONUBUS DA SPYrans ÷ POR 04 …DO QUE FICARMOS DESSE JEITO ! O PREFEITO ATUAL DE SP/SP E O EX AGORA… GOVERNADOR DO ESTADO DE SP … PERDERAM – SE NAS MALANDRAGENS E POLITICAGENS DO SISTEMA FALIDO QUE A DONA PTRALHA MARTA SUPLICY INVENTOU ENTRE 2.001/2.003 ! O INTERLIGADO JÁ NASCEU FADADO AO FRACASSO! ESSES EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS “TRADICIONAIS” DE SAMPA E OS EX COOPERPCCs SAO TODOS UNS MORTOS-DE-FOME E AVARENTOS! DEUS SE APIEDE DESSAS ALMAS SEBOSAS! E DE NÓS ! EU MORO NO JAÇANÃ – EXTREMO NORTE ATE A 02 DA CIDADE E SE EU ARRANJAR EMPREGO NO GRAJAÚ… ZONA SUL …ÁREA 06…COMO FICARIA EU COM ESSE VT DE “DUAS BILHETADAS E NADA MAIS …” E ESSAS “TRÊS HORAS” ??? VOTEMOS NULO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS! E… SR. DORIA… PARA DE “QUEIMAR O FILME” DO BOLSONARO TÁ! O SR. E ELE NADA TEM A VER UM COM O OUTRO! ELE É DECENTE E CATÓLICO! E O SR. É UM FEAK! MARXISTA SOCIAL-DEMOCRATA BURGUÊS !

    1. Denis disse:

      Deus deve ter nojo de pessoas como vc, por pensar em si só, egoísta, individualista, a cidade não é só sua, e vc só quis se manifestar para falar de sua indignação política a um determinado partido, sua mente é egocêntrica, pois isto que o prefeito “substituto” está fazendo irá prejudicar muito trabalhadores e empresas, mas faz o seguinte se está incomodado , a porta da rua da cidade de São Paulo lhe oferece a opção de ir embora para outra cidade, ou “Os quintos do inferno”.

  4. JOSE LUIZ VILLAR COEDO disse:

    O problema maior é o ENCURTAMENTO DE LINHAS E EXTINÇÃO DE OUTRAS TANTAS… E a retirada de Ônibus das ruas…diminuição de frotas…aff!

  5. Rodrigo Zika! disse:

    Se a licitação prevê aumento nas baldeações, e menos linhas longas, porque diminuir, isso e totalmente equivocado, um absurdo, mas o povo prefere curtir o carnaval, que se dane a política.

  6. Luisa disse:

    Eu tenho a solução pra essa tal economia de subsídio:
    Pq ao invés de prejudicar ainda mais o povo brasileiro, pq não abaixam os salários desses “governantes ” :( 😡😡😡

  7. Qnd nos povo trabalhador achamos que não possamos mas ser prejudicados com essa anarquia que é nossa política.Eles ainda arrumar o jeito de nos ferar onde esta a diminuição da taxa que vi q justiça decletar uns dias a Trás .Tinhamos que votar qnt esses políticos sem noção deveriam ganhar pra ve se resolveriamos essa palhaçada.

  8. Daniel disse:

    O problema é a propina que o prefeito ganha dos empresários de transporte para facilitar o enriquecimento ilícito destes podres donos de empresas de ônibus. Esse prefeito de merda nunca andou de ônibus na vida sempre teve o avô para bancar seu transporte particular, mas o safado do avô morreu e agora ele teve que entrar na política para manter sua mordomia e que se lasque o trabalhador pai e mãe de família que um salário baixo e mal consegue manter a sua dispensa abastada. Esses pilantras deveriam ser investigado para saber quanto cada um levou para ferrar com classe pobre que paga absurdos de impostos para manter esse prefeito e a corja de mal caráter de vereadores na prefeitura. Eles deveriam e tomar vergonha na cara e renunciar e arrumar um emprego descente e colocar a mão na massa para dar valor aos que fazem de fato o país desenvolver , porque se não houvessem os trabalhadores não existiria empresários, esses safado deveriam ter mais respeito com a população que mantém mesa farta e o guarda roupas deles com os nossos impostos pagos com suor, trabalho e dignidade.

    1. Marcos Borges do Carmo disse:

      ESSE PREFEITINHO NAO ME SURPREENDE O QUE ELE ESTÁ FAZENDO COM.OS MAIS POBRES.ESSA FAMÍLIA COVAS NÃO VALE NADA!E OUTRA:VÃO FAZENDO UMA SAFADEZA COM O BILHETE ÚNICO AQUI,OUTRA SAFADEZA ALI ATÉ QUE ELE NÃO TENHA MAIS INTEGRAÇÕES. ENQUANTO O BILHETE ÚNICO NÃO FICAR IGUAL O CARTÃO INTERMUNICIPAL ,O CHAMADO BOM(QUE NÃO TEM INTEGRAÇÕES) ELES NÃO VÃO SOSSEGAR!QUEREM DESTRUIR O BILHETE ÚNICO. E ENQUANTO TIVER NA PREFEITURA CARAS QUE NEM ESSE QUE SÓ GOVERNA PRA RICO E QUE SE DANE O POBRE A DESTRUIÇÃO DO BILHETE ÚNICO SERÁ TRAGEDIA ANUNCIADA.

  9. JOAQUIM disse:

    Acredito que nosso país so melhoraria com uma política mais justa e honesta com a população , esses petralhas que não dependem dessa lastimável condução que pegamos e pagamos com salários cada vez mais baixos , ainda riram nosso direito de ir e vir que já e muito difícil e estão deixando mais difícil ainda com apenas 2 condições nesse intervalo ridículo , uma pena ver tudo isso e o povo está preocupado em pular carnaval ao invés de fazer barulho contra esse absurdo , e ainda tiraram as 8 horas que tínhamos conquistado de domingo e feriado , uma pena , lamentavel senhor covas

    1. Marcos Borges do Carmo disse:

      concordo com tudo o que vc falou.

  10. Fábio Santos disse:

    Isso é uma palhacada,como é que as pessoas que mora no extremo Sul,Leste da grande São Paulo pelo amor de Deus como vai conseguir chegar em seus locais de trabalho com duas coduçoes. E um verdadeiro tapa na cara da população .Isso é uma vergonha o trabalhador ter que pagar para esse corruptos se manter no poder público.

  11. Juleica disse:

    Esse Bruno cova, é um covarde porque ele não faz um decreto para eles deixarem de usar carro particular e começa a usa o busao,quando se refere às mordomia desses corruptos, ninguém mexe em nada, uma vergonha e muita palhaçada desses político sem nenhum escrúpulos fazem o quer na hora que quer, porque ele não faz um decreto para baixa os impostos das empresas com isso gera empregos para o povo, Além do aumento da passagem agora vão diminuir a quantidade e o tempo da integração,na hora de enganar a população pra ganhar voto tenho certeza que ninguém falou sobre isso ou falou ,eu que tô com amnésia só que não ,enquanto o povo se deixa iludi com falsa promessa isso não vai mudar, tem muita gente passando fome, morando nas ruas, faltando médico em hospitais, segurança um caos , cadê um decreto para mudar tudo isso seus cara de pau

  12. mayara vieira santos disse:

    Ridículo esse decreto diminuindo as 4 conduções para apenas 2. Quem fez esse absurdo, não utiliza transporte público, e tão pouco sabe o que esta escrevendo. RIDÍCULO.

  13. Jackson disse:

    o povo e que hj vc tem quer pra uma porcaria de um terminal pra pegar outro ônibus não existem.mais linhas que ligam a periferia ao centro isso que está ferrando o povo eu mesmo pego 3 ônibus pra ir 3 pra voltar do serviço ai a empresa já está chiando pq antes pagava os 8,60 e muitas vezes ainda tinha que pagar do bolso vcs acham que eles vão querer pagar 2 tv ônibus mais 2 integrações diárias? 14,92????

Deixe uma resposta